ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Zé Ramalho na comemoração dos 127 anos de Teresópolis

Data: 18/07/2018

Cantor, compositor e músico Zé Ramalho está lançando um remake do clássico disco "Avôhai" - Divulgação

Marcello Medeiros

O Festival de Inverno do Sesc só começa oficialmente na próxima sexta-feira, dia 20, mas graças a parceira da instituição com a Prefeitura de Teresópolis, nesta quinta, dia 19 de julho, o município receberá uma “prévia” do tradicional evento. A partir das 20h o palco montado na Praça Olímpica Luís de Camões recebe show do cantor paraibano Zé Ramalho, considerado um dos mais influentes músicos do país e que arrebata público de todas as idades. Com a realização do show, que inicialmente não estava previsto para o município, os teresopolitanos devem ser os primeiros a assistir parte do novo trabalho do cantor, compositor e músico: Avôhai 40 anos – Remake, que marca as quatro décadas do primeiro álbum solo de Zé Ramalho.
Com capa simplória inspirada na logomarca do título disco lançado em 1978, o álbum foi editado por meio de parceria entre a editora Avôhai e o selo Discobertas, cantores e/ou grupos da atual cena independente brasileira de pop rock recriam as nove músicas que fizeram sucesso no final dos anos 70. Além da releitura e atualização com a participação de nomes como o guitarrista Robertinho do Recife, a diferença é que são três faixas a mais que o LP original. As composições “A dança das borboletas” (Zé Ramalho e Alceu Valença), “A noite preta” (Zé Ramalho, Lula Cortes e Alceu Valença) e “Voa voa” (Zé Ramalho) estrelam o disco em duas gravações cada uma, feitas por artistas distintos.
Avôhai – 40 anos tem a seguintes faixas e participações: 1. Avôhai (Zé Ramalho) – Eminência Parda; 2. Vila do sossego (Zé Ramalho) – Paul Rock; 3. Chão de giz (Zé Ramalho) – Via Rock; 4. A noite preta (Zé Ramalho, Lula Cortes e Alceu Valença) – João Ramalho (versão 1); 5. A dança das borboletas (Zé Ramalho e Alceu Valença) – Sent U Feeling (versão 1); 6. Bicho de 7 cabeças (Zé Ramalho, Geraldo Azevedo e Renato Rocha) – Robertinho de Recife; 7. Adeus segunda-feira cinzenta (Zé Ramalho e Geraldo Azevedo) – Prima Facie; 8. Meninas de Albarã (Zé Ramalho) – Mazzeron; 9. Voa voa (Zé Ramalho) – Linda (versão 1). Faixas-bônus: 10. A noite preta (Zé Ramalho, Lula Cortes e Alceu Valença) – OgroJazzBend (versão 2); 11. A dança das borboletas (Zé Ramalho e Alceu Valença) – Novanguarda (versão 2); 12. Voa voa (Zé Ramalho) – Luiz Lopez (versão 2).  

O Festival de Inverno
O Festival Sesc de Inverno 2018 será realizado entre os dias 20 e 29 de julho, em Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo. Considerado o maior evento de cultura multilinguagem do Brasil, o Festival levará às três cidades uma intensa programação que contempla as principais linguagens artísticas: Literatura, cinema, música, teatro, dança, circo e artes visuais. Além das unidades do Sesc, haverá atividades em locais públicos. Ao longo do Festival, serão mais de 300 atrações, a maioria gratuita. Quem abre o Festival em Petrópolis é o cantor Milton Nascimento, em show no Sesc Quitandinha no dia 20 de julho. Em Nova Friburgo, a abertura oficial acontece no dia seguinte, com show de Maria Rita. Já em Teresópolis, o Festival será aberto oficialmente com show de Frejat, no dia 22. 
A agenda de shows para os três municípios também inclui nomes como Emicida, Mart’nália, Pitty, Simoninha, Jota Quest, Leoni, entre outros. Nas artes cênicas, os destaques são os espetáculos “Suassuna, o Auto do Reino do Sol”, com a Cia. Barca dos Corações Partidos, e “Kuarup 40 Anos”, do Ballet Stagium, além do Grupo Bagaceira, com apresentações e oficinas. A programação também conta com exposições, show poéticos, exibições de filmes, masterclasses de roteiro, direção e produção na área cinematográfica, mappings entre outras atrações. 
Reconhecido como um dos mais expressivos e importantes festivais de arte e cultura do Estado, o Festival cumpre o importante papel de traçar um panorama da produção artística local e nacional. Nessa edição, buscamos ainda refletir sobre os diferentes fenômenos da arte na contemporaneidade e de como as cidades percebem e abrigam as expressões que dialogam com os sujeitos e coletividades. Toda a programação do evento pode ser vista em
www.festivalsescdeinverno.com.br

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

EUA reabrirão em novembro para viajantes estrangeiros vacinados

Pré-matrícula para escolas municipais começa no dia 1º de outubro

Governo do Estado começa a entregar o maior lote de vacinas contra a Covid-19

Pfizer-BioNTech: vacina contra covid protege crianças de 5 a 11 anos

Vulcão nas Ilhas Canárias poderia provocar tsunami no Brasil

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy