ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Witzel volta a defender abate de criminosos

Data: 15/01/2019

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, participou da passagem de comando do Batalhão de Operações Policiais Especiais - Cristina Indio do Brasil/Agência Brasil

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, participou da passagem de comando do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), em Laranjeiras, zona sul do Rio, na última segunda-feira (14). O tenente-coronel Maurílio Nunes da Conceição sucedeu o tenente-coronel Alex Benevenutto. O novo comandante é formado em Direito e já esteve à frente do 41º Batalhão da Polícia Militar, em Irajá, zona norte da cidade. Nunes também foi subcomandante da tropa especial da corporação. Witzel voltou a defender o abate de criminosos se for necessário. “Se preciso for diante da crueldade desses inimigos, verdadeiros narco-terroristas, usar toda força necessária para abatê-los, porque usar armas de fogo contra a sociedade nós não admitiremos jamais”.
Ainda no discurso, Witzel agradeceu a participação das Forças Armadas durante a intervenção federal na segurança pública do Rio e completou que a tropa do Bope é um exemplo para o Brasil e para as outras polícias, e que irá valorizar o trabalho dos policiais. “Essa tropa a todo dia está disposta a desafiar ainda mais a sua vida, por isso, o símbolo da caveira [a marca do Bope]. Uma tropa que está constantemente de frente com a morte, mas não a teme. O negro dos seus uniformes camufla-se nas vielas dos morros cariocas tomados pela criminalidade, que tenho certeza que nós vamos vencer. Nós somos mais fortes, nós somos melhores. Estamos equipados, estamos treinados e vamos resgatar a liberdade do nosso povo”, apontou Witzel, completando que é preciso libertar o povo "das garras de pessoas que estão banalizando a vida humana e ignoram o Estado Democrático de Direito”.

 

 

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Prefeitura de Teresópolis libera reabertura dos parques

Anticorpos contra covid-19 duram pelo menos sete meses, mostra estudo

Aos 80 anos, Pelé é homenageado pela Fifa

Eleições: PF usará drones para flagrar crimes como boca de urna

Estado repassa mais R$ 371 milhões para as prefeituras fluminenses

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy