ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Viagem de ônibus cada vez mais difícil nas linhas do interior

Data: 14/02/2019

Marcello Medeiros

Com o retorno do período letivo, viajar de ônibus nas linhas do Segundo e Terceiro Distritos tem sido uma grande dificuldade. Coletivos exclusivos para estudantes teriam sido retirados de circulação e, consequentemente, os jovens e os passageiros comuns estão sendo obrigados a disputar o reduzido espaço. Em alguns horários, os ônibus que atendem Bonsucesso e Vieira, por exemplo, têm rodado quase que exclusivamente para atender os estudantes residentes nessa região do município. Mesmo assim, eles têm tido bastante dificuldade para ir para escola ou retornar para casa. “Sou moradora de Vieira e gostaria de comunicar ao prefeito que estamos sem ônibus escolar. Segundo estamos sabendo, os ônibus foram retirados e agora nossas crianças estão correndo riscos na rua em ônibus superlotados, rodando com a capacidade muito acima, tanto parte manhã como parte de meio dia. Meu filho estuda à tarde e hoje (segunda-feira) fui ônibus para ver. O ônibus já saiu de Vieira cheio e até chegar destino foi entrando mais gente, ficando pior ainda. Vão esperar acontecer algo pior para resolver?”, denunciou a mãe de um jovem estudante do Terceiro Distrito.
Tais linhas em questionamento são de competência da Viação Teresópolis. Através das redes sociais, dezenas de pais e responsáveis denunciaram a cada vez mais crítica situação. “Gente, está ficando muito perigoso isso. O ônibus tem andado super lotado . Acho que eles estão esperando acontece o pior. O pessoal tinha que pegar esse ser chamado prefeito e colocar ele pra andar de ônibus também”, publicou Simoni Araujo. “Eu pude perceber algumas pessoas reclamando que estão levando os estudantes e deixando as pessoas para trás. Não sei se vocês sabem, mas esses estudantes também estão pagando passagem como qualquer outra pessoa, então eles também têm o direito da preferência tanto como qualquer outra. Então, por favor, parem de reclamar com as crianças e vão reclamar com a viação, porque da mesma forma que vocês têm os seus compromissos, eles também têm que ir estudar”, completou Lara Oliveira. “Infelizmente o prefeito não está nem aí, finge que não sabe o que está acontecendo”, enfatizou Mirian Seixas.

Aumento de passagem
Entramos em contato com a Viação Teresópolis para tentar compreender o motivo da superlotação diária em diversas linhas, se houve realmente a exclusão das linhas voltadas somente para o atendimento aos estudantes ou ainda a redução ou alteração nos itinerários normais, por exemplo. Porém, representante ouvido pela reportagem do jornal O DIÁRIO e DIÁRIO TV informou que empresa, mesmo ciente da grande quantidade de reclamações, não iria se pronunciar sobre o polêmico e muito preocupante assunto.
Extraoficialmente, apuramos que a frota da VTTL está bastante reduzida por conta do longo período sem aumento do valor da tarifa, somado aos reajustes nos encargos e preços de materiais e serviços consumidos pela empresa. Com menos dinheiro em caixa, não seria possível atualizar a frota e coletivos com maior desgaste estariam sendo retirados de circulação. Dessa forma, carros que poderiam estar atendendo exclusivamente aos estudantes, por exemplo, são utilizados em linhas normais para as muitas localidades da Zona Rural de Teresópolis. 
Também pedimos ao governo Vinicius Claussen um posicionamento em relação ao tema, quanto à cobrança junto a VTTL e a competência da Secretaria Municipal de Educação em relação ao transporte de estudantes. Até o fechamento desta edição, porém, não obtivemos nenhum tipo de resposta. Na tarde desta quarta-feira, um grupo de mães e responsáveis pelos jovens teresopolitanos residentes no Interior esteve no Palácio Teresa Cristina para cobrar atitude do governo municipal.

CRÉDITO E LEGENDA

Grupo Terê Repórter


Grande grupo de estudantes aguarda pela chegada do coletivo, na localidade de Vieira


 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Parques naturais continuam com restrições para visitação

Mais cinco presos por tráfico de drogas em Teresópolis

Bancos: 19 casos de coronavírus já foram registrados em Teresópolis

Infectologista: tomar mais de uma vacina não significa maior proteção

Justiça autoriza saída de Michel Temer do Brasil

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy