ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Vereadores aprovam reajuste para servidores públicos

Data: 09/02/2019

Vereadores aprovam reajuste para servidores públicos. Pelas redes sociais cidadãos reagem ao fato do aumento também abranger aos cargos comissionados, secretários, prefeito e vice

Anderson Duarte

Foi aprovado na manhã desta sexta-feira, 08, em Sessão Extraordinária pela Câmara de Vereadores de Teresópolis, o reajuste dos servidores públicos municipais ativos e inativos, comissionados e agentes políticos em 5,1% com efeitos retroativos a janeiro de 2019. Com esse aumento, os vinte secretários municipais, maiores salários do governo, passam a receber mensalmente R$ 13.663,00 e o impacto desta medida nos cofres públicos, segundo o próprio projeto será de R$ 12 milhões. Segundo o governo, a classe estaria sem correção salarial desde 2015 e a proposta, apresentada pelo Poder Executivo, foi aprovada por unanimidade pela Câmara. Entretanto, pelas redes sociais, as reações foram adversas ao fato da medida englobar também os cargos comissionados e de alto escalão do governo Claussen, sobretudo ao secretariado da gestão.
Em release enviado a imprensa no final da tarde, o prefeito comemorou a aprovação: “Agradeço ao presidente da Câmara, Pedro Gil, e a todos os vereadores que, prontamente, atenderam ao meu chamado para realizar uma sessão extraordinária para votar uma pauta tão importante. Consegui, com o time de gestão, um índice de percentual dentro da Lei de Responsabilidade Fiscal, que tinha que atingir menos de 51,3% de mão de obra sobre a receita corrente líquida do município. A proposta foi aprovada por 12 a zero. É uma vitória da cidade, da Câmara e do Sindicato dos Servidores”, comemorou o Prefeito Vinicius Claussen acrescentando: “É uma categoria fundamental para a transformação da cidade e que perdeu o seu poder de compra. Sabemos que 5,1% não é o percentual desejado, mas é o início de uma virada. Temos que comemorar, pois são quatro anos sem reajuste”, finalizou Vinicius.
Com relação ao segundo assunto do dia, a aprovação de cessão de espaço público para evento, o Vereador Amorim lamentou estar aprovando apenas isso: "Acabamos de aprovar um projeto de grande relevância, o reajuste dos servidores e agora esse projeto. Eu gostaria de estar aprovando outro projeto, não um de bebida alcóolica, gostaria de estar aprovando a contratação de mais médicos, enfermeiros, agentes de saúde, medicamentos e professores, ou um concurso para a guarda municipal, projeto para melhorar nossas ruas, e muitos outros projetos de saúde, educação. Isso sim gostaria de aprovar e não uma extraordinária para aprovar bebida alcóolica perto de escola. Mas eu vou aprovar porque sei que ainda assim isso traz benefícios para o nosso município. Só espero que os próximos eventos venham para Câmara antes de serem aprovados pela prefeitura, estão divulgando, fazendo propaganda antes de ser autorizado, isso continua sendo desrespeito", disse Amorim.
Como o aumento vale também para prefeito, vice-prefeito, secretários outros cargos do tipo, a aprovação causou polêmica pelas redes socais. “Problema: Dívida do município. Solução: Aumentar os gastos do município, impossível de entender”; “Tem servidores que nem trabalham direito e vão receber aumento, Teresópolis vai de mal á pior”; “Bem proporcional não? Cadê a tabela dos servidores? Pra quem diz que tá sem dinheiro tá gastando bem. Cadê os puxa sacos do prefeito pra explicar isso aí? Pra político trabalhar só se for pra benefícios próprio mesmo. Tá aí a mudança”; “Teresópolis vive a pior crise política de todos os TEMPOS, ainda vai acontecer muitas liminares e aqueles ( Vereadores) q não tomaram posse por causa da justiça vão recorrer, anotem aí e depois me cobrem”; “O salários dos professores que deveria ser R$19.653,70, porque para o prefeito é muito, ele não faz nada pela cidade mesmo”; “Aí depois chega lá na frente fala que a prefeitura está sem verba para a saúde e educação mas aumentar salário e colocar Parentes para trabalhar pode cadê o nepotismo para chegar em Teresópolis hen prefeito”; “Depois chega em agosto e fala que não tem mais dinheiro pra pagar funcionários”; “Gente, é triste mais é verdade! O buraco está ficando cada vez mais fundo...Não dá para entender..”; “Essa é a gestão da mudança, só se for para eles, porque para a maioria da população, não vejo mudança alguma”; “Gente não sou contra o aumento de salários. Mais poderia dar esse reajuste pro meio do ano pra cidade está mais estabilizada visando que já teria feita uma vasta arrecadação de imposto”; “O prefeito se faz candidato com discurso de reduzir os cargos comissionados, reduzir secretários etc... Coisa q n aconteceu e agora aumento o gasto... Esse realmente é gestor... Gestor de restaurante só se for”, dizem alguns dos comentários registrados por nossa Fanpage.

 

Compartilhar:






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Bolsonaro afirma que não vai propor fim da multa de 40% do FGTS

Índice de vacinação contra a gripe tem bom resultado

Casos de Depressão em Teresópolis aumentam e preocupam especialistas

Zeca Baleiro e Fernanda Abreu no Festival Sesc de Inverno

A maior descoberta das viagens à Lua foi a Terra

        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ