ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Vacinação contra a gripe começa nesta quarta-feira

Data: 09/04/2019

Importância da vacinação: A Superintendência de Vigilância Epidemiológica da SES informa que em 2018, foram notificados 233 casos de influenza, com 30 óbitos, no estado do Rio - Agência Brasil

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe começa nesta quarta-feira (10) em todo o país. De acordo com o Ministério da Saúde, a imunização, este ano, foi antecipada em cerca de 15 dias em relação aos anos anteriores, quando a campanha teve início na segunda quinzena de abril. Nesta primeira fase, serão priorizadas crianças com idade entre 1 ano e 6 anos, grávidas em qualquer período gestacional e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto). A escolha, segundo o ministério, foi feita por causa da maior vulnerabilidade do grupo. A partir de 22 de abril, todo o público-alvo da campanha poderá receber a dose, incluindo trabalhadores da saúde, povos indígenas, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.
A escolha dos grupos prioritários segue recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS). A definição, de acordo com o ministério, também é respaldada por estudos epidemiológicos e pela observação do comportamento das infecções respiratórias, que têm como principal agente o vírus da gripe. A meta é imunizar pelo menos 90% dos grupos elegíveis para vacinação.
A influenza é uma doença sazonal, mais comum no inverno, que causa epidemias anuais, sendo que há anos com maior ou menor intensidade de circulação desse tipo de vírus e, consequentemente, maior ou menor número de casos e mortes. No Brasil, devido a diferenças climáticas e geográficas, podem ocorrer diferentes intensidades de sazonalidade da influenza e em diferentes períodos nas unidades federadas. No caso específico do Amazonas, a circulação, de acordo com o ministério, segue o período sazonal da doença potencializado pelas chuvas e enchentes e consequente aglomeração de pessoas.

Números no estado do Rio
Para o lançamento da 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) mobilizará mais de 14 mil profissionais de saúde nos 92 municípios. As doses estarão disponíveis, das 8h às 17h, em 1.845 postos de saúde em todo o Estado. A meta da SES é vacinar 4,8 milhões de pessoas e alcançar 90% do público-alvo. - A vacina contra a influenza é uma das medidas mais efetivas de prevenção em relação à doença e suas complicações – atesta o secretário de Estado de Saúde, Edmar Santos, que convoca a população a se proteger com as doses disponíveis nos postos.
De acordo com o subsecretário de Vigilância em Saúde, Alexandre Chieppe, a influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, que pode levar a complicações graves e a óbito. Segundo ele, as crianças, as gestantes e os adultos com 60 anos ou mais são os grupos mais vulneráveis, por isso precisam se proteger.  A Superintendência de Vigilância Epidemiológica da SES informa que em 2018, foram notificados 233 casos de influenza, com 30 óbitos. Em 2019, não ocorreu nenhuma notificação da doença.

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Estudo mostra que peixe de áreas atingidas por óleo pode ser consumido

Unidades do Sesc RJ exibem filmes selecionados na 3ª Mostra Sesc de Cinema deste ano

PRF prende foragido da justiça por pensão alimentícia

Verão: TJRJ libera advogados do uso de terno e gravata nas audiências

Bolsonaro fala sobre fraudes na Bolívia e renúncia de Evo Morales

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ