ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Trilhas para toda a família na sede Teresópolis do Parque Nacional

Data: 14/02/2021

Cartão Postal: Escalavrado, Dedo de Nossa Senhora, Dedo de Deus e Cabeça de Peixe vistos do mirante da trilha que justifica seu nome - Marcello Medeiros

Marcello Medeiros

Teresópolis é a Capital Nacional do Montanhismo, tem belezas cênicas invejáveis, está cercada por unidades de conservação ambiental e tem forte ligação com a história desse esporte. Porém, mesmo com tantas possibilidades, ainda é grande o número de teresopolitanos que nunca sequer experimentou caminhar por trilhas de montanha – talvez acreditando não ter capacidade necessária física para tal. Mas, se for esse o problema, basta pesquisar um pouquinho mais sobre o assunto, visto que os três que têm sede no município oferecem caminhos para toda a família. Hoje, vamos destacar as opções mais tranquilas do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, onde os visitantes podem passar um dia tranquilo e recompensador com visuais espetaculares como nos mirantes Alexandre Oliveira e Borandá, além de locais para a prática do piquenique e banho de cachoeira ao longo da estrada da Barragem. 
Ficam nesse setor as trilhas da Primavera, Mozart Catão, Jussara, Cartão Postal e 360, que, se feitas todas em um dia só garantem um circuito de aproximadamente sete quilômetros. Porém, caso a pessoa seja iniciante no esporte, pode fazer uma em cada visita, ampliando seus horizontes em outras incursões. Abaixo, veja um pouco mais sobre cada atrativo. Os ingressos custam R$ 42 (para o público em geral), R$ 31 para moradores do Mercosul, R$ 21 para brasileiros e, para moradores das cidades do entorno, apresentando comprovante de residência, apenas R$ 4. Maiores de 60 anos e menores de 12 anos são isentos do pagamento. O estacionamento custa R$ 11 para motos e R$ 19 para veículos.
A entrada principal do Parque Nacional da Serra dos Órgãos fica na área urbana de Teresópolis, na Avenida Rotariana, próximo ao bairro Soberbo, com funcionamento das 8h às 17h para as trilhas da parte baixa. Para quem pretende se aventurar por caminhos mais difíceis, na parte alta, o funcionamento é das 6h às 22h, mas, nesse caso, os ingressos têm valores diferenciados e é preciso estar com ticket em mãos para acesso mais cedo ou mais tarde que o horário de visitação comum.

ESTRADA DA BARRAGEM
Nível de dificuldade: leve. Extensão: 3.000m. Duração: 2 horas (ida e volta). Estrada calçada em paralelepípedo com trânsito liberado para automóveis. É a via que dá acesso a todas as trilhas da Sede Teresópolis. Ideal para caminhadas de lazer, tem extensão de 3 km e placas indicativas de distância em intervalos de 500m. A estrada conta com vários mirantes, recantos para descanso, duchas e cascatas. A estrada termina na Praça da Barragem, ponto de captação de água para a cidade de Teresópolis.

TRILHA SUSPENSA (INTERDITADA PARA MANUTENÇÃO)
Nível de dificuldade: leve. Extensão: 1300m. Duração: 1 hora. Uma das grandes atrações do PARNASO, a trilha suspensa começa na Praça da Barragem. A trilha possui piso de madeira e corrimão, permitindo acesso até a cadeirantes. Construída sobre um aqueduto do início do século XX, esta trilha corta um trecho de Mata Atlântica em nível elevado em relação ao terreno, permitindo ao visitante uma observação mais próxima da copa das árvores. A trilha é circular, retornando para a Estrada da Barragem por escadarias. No trecho final a trilha atinge grandes alturas em relação ao solo (até oito metros) e permite belas visões da floresta e dos paredões do PARNASO.

TRILHA PRIMAVERA
Nível de dificuldade: leve. Extensão: cerca de 500m. Duração: 15 minutos. A trilha tem 15 minutos de caminhada leve, para todas as idades. O visitante experimenta a sensação de estar em uma mata preservada, sendo possível observar inúmeras espécies. Entre elas destaca-se o palmito-juçara (Euterpe edulis), espécie ameaçada de extinção pelo corte indiscriminado.

TRILHA MOZART CATÃO
Nível de dificuldade: leve a moderado. Extensão: 800m. Duração: 1:30 (ida e volta). Esta trilha cruza pequenos cursos d'água e floresta de encosta até chegar ao Mirante Alexandre Oliveira, com vista para a cidade de Teresópolis e o Parque Estadual dos Três Picos, ao fundo. Os nomes da trilha e do mirante homenageiam dois alpinistas da cidade, mortos ao tentar escalar a face sul do Aconcágua, em 1998. Essa trilha permite ainda acesso a Trilha Cartão Postal, via trilha 360. Entre elas, fica o mirante “Borandá”.

TRILHA CARTÃO POSTAL
Nível de dificuldade: moderado. Extensão: 1.200m. Duração: 2 horas (ida e volta). Esta bela trilha, com acesso pela Estrada da Barragem próximo à pousada, cruza área de floresta com belas vistas da montanha e dá acesso a um mirante voltado para a cadeia de montanhas da Serra dos Órgãos, proporcionando ao visitante um novo ângulo de observação do Dedo de Deus do meio da floresta. No caminho é possível observar algumas grandes árvores, como o jequitibá.

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Prefeitura do Rio libera público nos estádios com metade da ocupação

Fiocruz avalia efetividade da CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer

Covid-19: número de casos e óbitos tem maior queda em 2021

"Terê sem Led": Escuridão total nos fundos da prefeitura

Novo coreto na Praça da Matriz de Santa Teresa

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy