ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

TRF2 nega, por unanimidade, recurso de Garotinho

Data: 04/12/2018

Arquivo - Agência Brasil

 Vladimir Platonow – Repórter da Agência Brasil  Rio de Janeiro

 
O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2) negou hoje (4) recurso de embargos de declaração da defesa do ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho. O ex-governador, no entanto, está amparado por uma decisão liminar em habeas corpus do ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), que impede sua prisão, até esgotadas todas as possibilidades de recursos judiciais.

A decisão de Lewandowski foi tomada em outubro passado. Garotinho foi condenado por corrupção envolvendo delegados de polícia na exploração de jogos de azar.

Em setembro deste ano, por unanimidade, o TRF2 manteve a condenação do ex-governador e aumentou sua pena para quatro anos e seis meses de reclusão, em regime semiaberto.

Em 2010, Garotinho foi condenado a dois anos e seis meses de reclusão, em regime aberto, por formação de quadrilha. Ele teria se associado a outras pessoas, como seu ex-chefe de Polícia Álvaro Lins, para nomear delegados em delegacias estratégicas, a fim de beneficiar o criminoso Rogério de Andrade, na exploração de máquinas caça-níqueis, recebendo propinas em troca.

Na época, ficaram conhecidos com a quadrilha dos Inhos. O principal criminoso adversário de Rogério Andrade era Fernando Ignácio, que era combatido pelos policiais.

A defesa de Garotinho não foi localizada para comentar a decisão judicial do TRF2.

Compartilhar:






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Em resposta a Câmara prefeitura continua culpando ENEL por aumento da CIP

Fórum define nova composição do Conselho da Mulher

Vacinação contra gripe já imunizou 32.683 pessoas em Teresópolis

Programa pretende ampliar serviços e horários de postos de saúde

Morreu Maurício Gonçalves

        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ