ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Teresópolis recebe Fórum de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil

Data: 09/11/2019

"O Fórum tem como objetivo principal promover a articulação, sensibilização e mobilização dos diversos setores do governo e da sociedade, no âmbito municipal, para a necessidade de prevenir, combater e erradicar o trabalho infantil em Teresópolis", explica Marcos Jaron, secretário de Desenvolvimento Social

 

Na próxima terça-feira, dia 12 de novembro, será realizado em Teresópolis o 1º Fórum Municipal de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil, realização da Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social. As inscrições continuam abertas e podem ser feitas pelo site da Prefeitura – www.teresopolis.rj.gov.br. O evento é direcionado aos representantes da rede socioassistencial do município, conselhos de direitos, órgãos públicos e de instituições que atendem crianças e adolescentes, e será realizado no salão nobre da Casa de Portugal de Teresópolis (Avenida Lúcio Meira, 850, na Várzea), de 9h às 17h.  “O Fórum tem como objetivo principal promover a articulação, sensibilização e mobilização dos diversos setores do governo e da sociedade, no âmbito municipal, para a necessidade de prevenir, combater e erradicar o trabalho infantil em Teresópolis”, explica Marcos Jaron, secretário de Desenvolvimento Social.
O Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI) foi instituído em 2011, pela Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS). É um programa de caráter intersetorial, integrante da Política Nacional de Assistência Social (PNAS), que compreende transferências de renda; trabalho social com famílias e oferta de serviços socioeducativos para crianças e adolescentes que se encontram em situação de trabalho.
Segundo o Plano Nacional de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Trabalhador Adolescente (2011-2015), são consideradas trabalho infantil as diversas atividades econômicas ou atividades de sobrevivência realizadas por crianças ou adolescentes em idade inferior a 16 anos, exceto na condição de aprendiz, a partir dos 14 anos, sejam elas remuneradas ou não, com ou sem finalidade de lucro.

 

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Covid-19: Nas últimas 24h, Brasil registra mais de 30 mil novos casos

Campanha do Sebrae ajuda microempreendedores a se reinventarem

Fachin suspende operações policiais em comunidades do Rio

BNDES cria programa de apoio à pequena e média empresa

Petrobras reajusta em 5% preço do gás de cozinha

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy