ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Teresópolis recebe antigomobilistas de várias partes do país

Data: 10/07/2018

Réplica de um clássico veículo da Polícia Militar de Nova York em exposição - Fotos Marcello Medeiros

Marcello Medeiros

Realizada de forma ininterrupta desde 1982, sendo a mais antiga em termos de continuidade no país, a 36ª Exposição de Automóveis Antigos de Teresópolis foi um tremendo sucesso. No último fim de semana, nos gramados do Teresópolis Golf Clube, o evento ganhou um novo patamar e muitos atrativos além de verdadeiras raridades sobre rodas, veículos de antigomobilistas de várias partes do país que vieram prestigiar a mais tradicional mostra  de automóveis da Região Serrana do Rio de Janeiro. Em dois dias, passaram pela exposição aproximadamente 900 veículos, entre eles um que chamou bastante atenção: Um antigo caminhão cegonha, em perfeito estado de conservação, que veio de Cachoeiro de Itapemirim, no Espírito Santo, transportando outros dois pequenos veículos de carga. Estes, por sua vez, carregavam mais dois antigos em raríssima condição. “Chegou a arrepiar ver essa cegonha chegando ao nosso evento”, destacou o presidente do Amigos do Antigo, Leonardo Campos Filho.
O clube é responsável pela exposição desde 2010. Até então, era conduzida pelo seu idealizador, o antigomobilista Robison Ferreira. Com seu falecimento, no início daquele ano, o Amigos do Antigo assumiu a responsabilidade de manter a tradição e cultura no município e, a cada ano, vem promovendo mudanças para melhor no evento. “A ideia é ficar entre os cinco maiores do país e, quem sabe, o principal do estado do Rio de Janeiro”, relatou Leonardo ao jornal O DIÁRIO dois dias antes do início dos trabalhos no Teresópolis Golf Club.


E, analisando os dois dias de evento, com o número de inscritos e qualidade dos veículos presentes, a grande quantidade de atrativos e consequentemente o sucesso de público, é fácil afirmar que a exposição ganhou um lugar entre as melhores do Brasil. Muitos e raros automóveis foram dispostos nos 25.000m² do Golf, divididos por épocas e modelos, recebendo desde raridades como um Dodge 1935 a importados como um “gigante” Ford Crown Victoria 1974, sem esquecer os muitos Hot Rods e os populares VW, além de vários carros dos anos 80 e 90 que ainda hoje fazem sucesso nas ruas e são vistos como “o último suspiro antes dos plastimóveis”.

Isso é cultura!
Quem esteve no TGC no fim de semana encontrou muito mais do que carros e motos de outras épocas ou os “mercados de pulgas”, espaços onde são comercializadas peças para tais veículos. Na ideia de ampliação do evento, foram agregadas outras paixões por coisas e valores de outros tempos, como cortes de cabelo diferenciados em um salão retrô, miniaturas e até a exibição de uma raríssima coleção de brinquedos antigos. O responsável por atrair olhares e mexer com os corações de quem foi criança cerca de 30, 40 anos atrás foi o antigomobilista Marcelo Kowalski, que em um estande expôs parte da sua grande coleção, sendo muitos itens raríssimos ainda lacrados em suas caixas originais. “Alguns poucos são do meu tempo de criança, mas a maioria fui comprando ao longo dos últimos anos”, relatou Marcelo, mostrando, por exemplo, carrinhos de controle remoto cobiçadíssimos pela criançada dos anos 70 ou 80, por exemplo. “Isso custava um PlayStation hoje em dia”, lembrou.

Profissional
Para auxiliar na profissionalização do evento, o Amigos do Antigo ganhou um grande aliado na edição do ano anterior, realizada na praça do Ginda Bloch, o Grupo El Akbar. “Em 2017 já montamos uma pequena praça de alimentação e melhoramos o mercado de pulgas e, em 2018, partimos para um projeto mais ambicioso. De cara, já passamos para dois dias. Em seguida, pensamos em realizar um evento que não fosse voltado exclusivamente para o amante do antigomobilismo, mas para toda a família, para o turista, abrangendo várias outras tribos”, relata Azra El Akbar, que também é idealizador, entre outros, do “Serveja Teresópolis”.
Com o novo parceiro, foi aberto grande espaço para food trucks de comida e cerveja artesanal, além de shows abertos ao público nos dois dias e, no sábado à noite, aconteceu em espaço fechado (com ingresso vendido separadamente) a Festa do Antigo, que teve reuniu Toni Garrido (Cidade Negra), Paulo Miklos (Titãs). 

 


Setor dedicado aos muito populares VWs, em especial os "fusquinhas"

 


Nos dois dias de evento, grande número de veículos expostos nos gramados do Golf Club

 

Belair 1955 transformado em Hot Rod foi um dos veículos em destaque mais uma vez

 

Mais um americano em destaque, um "gigante" Ford Crown Victoria ano 1974


Exposição de brinquedos antigos também fez grande sucesso no evento do último fim de semana

Compartilhar:






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Proibição de telemarketing de telefônicas começa nesta terça-feira

Master Terê faz bonito na abertura do segundo semestre de competições

Meia tonelada de eletrônicos deixa de ir para o lixo comum

Governo vai instalar 1 mil radares em rodovias federais, diz ministro

Guarda Municipal retoma limpeza de sucatas em vias públicas

        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ