ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Táxis: Bandeira 2 até o dia 31 de dezembro

Data: 01/12/2019

"A grande maioria dos passageiros entende a organização da nossa categoria e que estamos trabalhando para ficar cada vez melhor, contribuindo assim com o 13º do motorista", relata Onofre Correa -Marcello Medeiros

Começou neste domingo (1º) e vai até 31 de dezembro, os teresopolitanos vão pagar um pouco mais caro para utilizar o serviço de táxi. Nesse período os profissionais vão rodar durante todo o período de trabalho no esquema de Bandeira 2, tarifa diferenciada que normalmente é cobrada apenas para corridas realizadas entre as 22h e 6h em dias de semana e durante todo o dia nos domingos e feriados. A aplicação desse esquema nessa época do ano é garantida através de Decreto de Lei de 1991, sendo considerada como fosse o décimo terceiro salário da categoria. De acordo com o presidente do Sindicato dos Taxistas de Teresópolis, Onofre Correa, a mudança já foi comunicada a Secretaria de Segurança Pública, responsável pela fiscalização desse tipo de transporte.
“A gente sabe que a crise do país está ruim, mas os teresopolitanos são bem atenciosos com o trabalho bem prestado pela nossa categoria e sabem que hoje está tudo organizado, todos os nosso táxis padronizados, todos com identificação na lateral, telefone, documentação, tudo direitinho para atender a população com segurança. A Bandeira 2 é décimo terceiro salário do taxista. Ele não tem patrão, todo mundo que usa nosso taxi é o patrão do taxista, então nesse período cobramos essa tarifa diferenciada. Um ou outro pode reclamar, mas a maioria não reclama e alguns até dão gorjeta, pois entendem organização da nossa categoria e estamos trabalhando para ficar cada vez melhor”, relatou Onofre Correa, em entrevista para a Diário TV.
O sindicalista destaca ainda que a opção de utilizar o táxi como transporte é muito vantajosa e segura para a população e nesta época do ano proporciona uma facilidade a mais para a correria de compras e festas: “Isso vem há anos e quem usa táxi vai usar sempre porque hoje tem um fluxo muito grande de veículos na cidade, a falta de lugar para estacionar. Quando você vai a uma festa por exceder um pouco na bebida e não vai poder dirigir um veículo, chama um táxi, com duas três pessoas sai baratinho. Hoje até mesmo para quem vai fazer uma compra e o vizinho também vai, acaba saindo mais barato até que andar de ônibus. O uso de táxi tem se mantido porque temos muito cuidado com a população, um respeito muito grande com o usuário”. 
De acordo com o presidente, é necessário também um cuidado especial com táxis piratas e falsos motoristas de aplicativo que estão circulando e prestando serviços irregulares na cidade. “Quem anda de carro pirata corre riscos sérios. Estas pessoas não têm alvará, não estão em dia com suas obrigações, não têm habilitação para prestar esse trabalho e estão sendo denunciadas para a Secretaria Municipal de Segurança”, afirma. Com a mudança temporária, a tarifa normal passa de R$ 4,13 para R$ 5,21 o quilômetro rodado. A bandeirada custa R$ 6,30 e a hora parada é R$ 28,80.

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Pedro Gil: "Vinicius assumiu a prefeitura com salários em dia"

Decoração de Natal será inaugurada neste sábado em Teresópolis

Natal do Sesc com várias atrações em Teresópolis

Menos vagas de emprego formal em Teresópolis

Guapimirim adere ao projeto "Dezembro Vermelho"

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ