ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

SindPMT prevê melhor entendimento com novo prefeito

Data: 25/08/2017

Marcello Medeiros

Enquanto os vereadores analisavam o pedido de afastamento do prefeito Mário de Oliveira Tricano, grande grupo de servidores estava novamente na Avenida Feliciano Sodré, entre a Câmara e o Palácio Teresa Cristina, para protestar contra o empresário do ramo hoteleiro que continua sem cumprir seus compromissos com a categoria. Apesar de ter se proclamado “salvador da pátria”, o dono do Hotel Jecava só pagou salários em dia e manteve alguns benefícios até outubro do ano passado. Ou seja, até antes do período eleitoral. Hoje, é visto como grande inimigo da categoria. “Entra mês e sai mês e não muda nada. Estamos recebendo atrasado desde o ano passado, desde que ele ganhou essa eleição ilegítima, um ficha suja que só conseguiu entrar graças a liminar do Gilmar Mendes. Desde outubro que não temos salário em dia, chegando a ficar com  três meses de salário em atraso. Somente ontem ele quitou a folha de junho, mas nos deve a de julho e não paga os benefícios mesmo com decisão judicial. Senhor Tricano, não adianta botar banca, pois o servidor não tem medo”, relatou Andréa Pacheco, Presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Teresópolis.
Durante a manifestação – mais uma de muitas nos últimos meses – os servidores receberam a informação sobre a aprovação da Câmara em relação ao afastamento de Tricano por seis meses e a entrada do vice Sandro Dias. Apesar de aparente continuidade de um mesmo governo, Andréa Pacheco falou em boa expectativa para resolver os grandes débitos do governo com o funcionalismo. “Torço para ser melhor. Acreditar, não sei, pois dizem que ele vai ser marionete do Tricano, mas é aguardar, pois é uma incógnita. Mas espero ele que honre as calças que veste e tome as posições corretas, que seja a pessoa digna que sempre foi. Vamos aguardar tomar posse e pedir uma mesa de negociação. O importante é lembrar mais uma vez que o servidor não aceita mais nenhum dia de salário atrasado e quer seus benefícios de volta. O servidor chegou ao seu limite”, pontuou a Presidente do SindPMT, reforçando que, se o prefeito temporário não cumprir seus compromissos, os protestos continuarão. “A expectativa é que a conversa seja melhor, que com o Sandro Dias seja mais fácil para conversar. Torço para isso, mas se não acontecer vamos para a rua, se continuar atrasado a prefeitura vai parar. Estamos aqui hoje exigindo atos efetivos da Câmara para que ele seja retirado do cargo. Hoje o servidor não grita fora Tricano, grita renuncia Tricano. Não queremos mais gente incompetente administrando nossa cidade”, completa.

Manifestação toda semana
No final da manifestação os servidores realizaram mais uma assembleia para definir os rumos da movimentação da categoria. Foram apresentadas duas propostas. A primeira, de protestos semanais, sempre em dias de sessão da Câmara. A segunda, apenas mensal, por conta da participação do pessoal da educação, categoria que apresentou receio em faltas semanais - visto que em ambos os casos aconteceria também paralisação de 24 horas.
No debate, Andréa Pacheco lembrou que professores e pessoal de apoio deveriam aderir ao movimento semanal porque, já a partir do próximo mês, a categoria deve entrar para o temido escalonamento de salários. “Já utilizaram as parcelas de agosto do Fundeb para pagar os salários de junho. Ainda falta o de julho e o de agosto está chegando. É só olhar o Portal da Transparência que está claro que o próximo dia 05 já será de problemas. Então, se for fazer manifestação somente daqui a um mês, será um longo período sem poder reclamar da falta de dinheiro”, destacou.
Com o alerta, os servidores acabaram aprovando a primeira proposta. Dessa forma, a ideia é que toda semana, sendo terça em uma e na quinta-feira em outra, a categoria esteja na Feliciano Sodré. Caso aconteça encontro com o prefeito temporário, sendo apresentadas então soluções para tantos problemas que afligem a categoria, as manifestações podem ser suspensas. Para tal, porém, deve ser realizada nova assembleia.

CRÉDITO E LEGENDA

Marcello Medeiros

1 ou 4
“Estamos recebendo atrasado desde o ano passado, desde que ele ganhou essa eleição ilegítima, um ficha suja que só conseguiu entrar graças a liminar do Gilmar Mendes”, relatou a presidente do SindPMT

2
Enquanto os vereadores analisavam o pedido de afastamento do prefeito, servidores estavam novamente na Feliciano Sodré para protestar contra o empresário do ramo hoteleiro Tricano

3
“Espero que ele (Sandro Dias) honre as calças que veste e tome as posições corretas, que seja a pessoa digna que sempre foi”, pontou Andréa Pacheco

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Procura por vacinas contra Covid-19 em clínicas particulares é grande em Teresópolis

Floração em tons de rosa e roxo deixa Teresópolis mais colorida

Circuito Terê-Fri, experiências no turismo rural, gastronomia e história

Covid-19: Fiocruz aguarda neste sábado insumo para 12 milhões de doses

BR-116 tem recuperação de pavimento no trecho da Baixada

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy