ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Sete presos e 1.180 papelotes de cocaína apreendidos

Data: 21/08/2018

Policiais contabilizaram 512 papelotes de cocaína apreendidos no bairro do Meudon. ?Vapor? do tráfico foi preso - Divulgação 30º BPM

Marcello Medeiros

É senso comum que quem escolhe o tráfico só tem dois destinos certos: Cadeia ou cemitério. Porém, mesmo com o grande número de histórias que terminam de uma maneira ou de outra, continua alta a incidência de teresopolitanos tentando levar a vida comercializando entorpecentes. A prova disso é que o 30º Batalhão de Polícia Militar teve mais um fim de semana com resultados positivos no combate a esse tipo de delito: Foram sete presos, além de um menor apreendido, e encontrados 1.180 papelotes de cocaína em cinco comunidades do município. Entre os flagrados, um homem que já teve bem perto de terminar sua vida de forma trágica, mas que escolheu continuar no comércio de drogas.
Morador da Barra do Imbuí, ele desceu a Serra em direção a favela de Acari, no Rio de Janeiro, para buscar entorpecentes em companhia de um comparsa. Porém, foi denunciado ao quartel do 30º e parado quando chegava a Teresópolis, no bairro do Soberbo. Ao perceber que seria abordado, tentou se desvencilhar de uma embalagem onde estavam 125 sacolés de cocaína e um pequeno tablete de maconha. A operação foi realizada pelo DPO São Pedro e PATAMO, policiais que de pronto reconheceram o motorista da Fiat: Velho conhecido pela reincidência no tráfico, há cerca de três anos ele foi vítima de tentativa de homicídio na Quinta-Lebrão. Em companhia de outra pessoa, levou vários tiros e sobreviveu. A outra não teve a mesma sorte.
No Meudon, mais uma ação das mesmas guarnições da Polícia Militar e, novamente, apurando informação sobre um jovem que teria saído da cadeia recentemente e que já teria voltado para o tráfico. Ele não foi encontrado, mas na sua casa havia outro rapaz, que seria seu “funcionário”. No imóvel foram encontrados 512 pinos de cocaína.

Mulas presas
Outra grande apreensão do fim de semana aconteceu na estrada do Roncador, que liga Fonte Santa ao bairro de Montanhas. Com a informação que duas mulheres residentes em favela no Rio de Janeiro fariam entrega de uma grande carga na comunidade, PATAMO e DPO São Pedro montaram campana e aguardaram a chegada das moradoras da Vila Kennedy. Assim que elas entregaram uma grande embalagem para um rapaz e receberam algo em troca, teve início a abordagem. O jovem morador da Fonte Santa conseguiu correr e largou “o flagrante” para trás. A dupla não teve a mesma sorte. As mulheres foram autuadas com R$ 2.800,00, valor que haviam acabado de receber, e também foi a apreendida a carga transportada para Teresópolis, 375 sacolés de cocaína. As duas, que no momento trabalhavam como “mulas”, já têm passagens por tráfico e assalto.

Corre, corredor
Mesmo tentando ser ágil entre vielas e ruas do Rosário, um rapaz residente naquela comunidade não conseguiu escapar do flagrante de equipes do 30º BPM. Os militares já tinham informação sobre o tráfico e se posicionaram em locas estratégicos, evitando que ele conseguisse se evadir ao perceber a aproximação da primeira equipe. O jovem estava de posse de 134 papelotes de cocaína e R$ 40, dinheiro que teria arrecadado com o tráfico. Na Quinta-Lebrão, PATAMO, DPO São Pedro e setor Bravo flagraram mais dois rapazes, sendo um menor de idade. O outro, já bastante conhecido pelo envolvimento com o tráfico. Eles tentaram esconder em mata a droga que vendiam, mas foram recuperadas 31 embalagens de cocaína e R$ 46.
Com exceção do adolescente, ouvido na presença de representante do Conselho Tutelar e encaminhado para a Vara da Infância e Juventude, todos os presos passaram um período no setor de custódia da 110ª Delegacia de Polícia e nesta segunda-feira foram transferidos para unidade prisional da Polinter, no Rio de Janeiro. Informações que possam contribuir com a dura e difícil luta diária contra o tráfico de drogas – crime que pode gerar vários outros ilícitos – podem ser passadas para os telefones 190,2742-7755 e 99817-7508. Não é necessário se identificar.

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Covid-19: produtos podem ser apreendidos para evitar desabastecimento

Disseminação de fake news sobre coronavírus preocupa especialistas

Campanha de vacinação contra gripe será antecipada no país

Número de casos suspeitos de coronavírus no Brasil é de 132

Juros do cheque especial ficam em 165,6% ao ano em janeiro

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ