ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Serginho Freitas lança clipe de "Desassossego"

Data: 22/05/2019

Serginho Freitas lança clipe de "Desassossego". Cantor e compositor teresopolitano antecipa álbum com faixa e canta um amor que inquieta em seu novo single

Anderson Duarte

As dificuldades do amor moderno e a sensação de inquietude que move quem se apaixona marcam “Desassossego”, o novo single do cantor e compositor teresopolitano Serginho Freitas. Unindo estilos bem marcantes como o folk, com uma MPB pop e elementos eletrônicos, a faixa está disponível em todas as plataformas de música digital e acaba de ganhar um clipe com a direção da Imagética Filmes. Com produção musical de um dos maiores nomes da área em nosso estado, também teresopolitano Márcio Pombo, a faixa marca uma nova fase na carreira do artista que lança em agosto seu primeiro álbum solo, o “Quantas milhas daqui até nós”.
Além da sonoridade marcante, a letra impressiona. “Veja bem, amores nem sempre são como nasceram pra ser. Se fosse fácil entender, entenderias meu coração e como se inquieta em tua mão e com a tua voz. Lhe cai tão bem um sorriso com ar de poesia. É desassossego, é desapego da solidão. Eu queria ficar pra te ver lembrar que o nosso amor se completa. Me leve pra onde você for. Será sorriso, será abrigo. Lhe cai tão bem um sorriso com ar de poesia. É desassossego, é desapego da solidão. Eu só quero lembrar que você é meu par e que o nosso calor se desperta”, diz a letra do novo trabalho do cantor. Serginho, que esteve em nossos estúdios recentemente para lançar um dos seus videoclipes, também fala desta nova fase da carreira.
“Essa música nasceu pelo nome. Após me deparar com a palavra desassossego no livro ‘Crime e Castigo’ comecei a trabalhar em cima da palavra em si. Fiquei pensando num amor que quer ser conquistado, que deixa a pessoa inquieta, desassossegado. É um apelo para uma conquista, uma inquietação do personagem que deseja dar sorriso e abrigo a outra”, conta Serginho, que desde muito cedo já se encontrava em meio ao universo musical. Serginho começou a se aventurar com música aos onze anos, seguindo os passos do pai músico com o instrumento que mais o acompanha até hoje: o violão. Com o passar dos anos, ele integrou as bandas Ponto de Ebulição e Missing Elephant e lançou um EP com cada, dando destaque para suas composições. Com o fim dessas bandas, ele voltou para si mesmo e para o violão, deixando o rock e o indie das bandas de lado em prol do folk e da MPB e buscando retratar mais abertamente os sentimentos. Essa busca gerou o EP “Lembretes” (2018) e se consolidará no álbum de estreia. “Desassossego” está disponível nas plataformas de música digital.

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

TJRJ determina que escolas se preparem para retorno, mesmo em greve

Cerca de 50% dos trabalhadores pretendem pagar dívidas com FGTS

UNIDADE GARDEN EM ALTA: Riooito registra aumento de 20% na procura

Rio de Janeiro ultrapassa 14,5 mil mortes por covid-19

Decreto Municipal que encerrou rodízio de CPF trouxe outras novidades

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy