ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Seleção se despede de Teresópolis nesta quinta-feira

Data: 11/11/2020

O Brasil se prepara para os jogos contra Venezuela e Uruguai, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA Catar 2022, e treina em Teresópolis até esta quinta-feira - Lucas Figueiredo/CBF

Em mais um dia de atividades na Granja Comary, a Seleção Brasileira fez trabalhos mais avançados de movimentação de ataque e defesa. Sob o comando do técnico Tite, os jogadores participaram de um treino coletivo com bola dos dois lados do campo 1 do Centro de Treinamento, em Teresópolis. Com a ajuda do auxiliar técnico Matheus Bachi, um grupo composto por Arthur, Lucas Paquetá, Richarlison, Roberto Firmino, Everton, Pedro, Vinícius Júnior e Bruno Guimarães fez um exercício de ultrapassagem, infiltração e toque de bola no ataque, priorizando a chegada à área. Do outro lado, Diego Carlos, Marquinhos, Thiago Silva, Felipe, Gabriel Menino trabalharam ajustes defensivos sob o comando de Cesar Sampaio e Cléber Xavier. Allan, Alex Telles e Renan Lodi se alternaram entre as atividades. Depois, os jogadores participaram de um trabalho de superioridade numérica em três contra dois, procurando azeitar os movimentos de linha defensiva e o entrosamento entre as duplas de defesa.
Não estavam nas atividades com bola Danilo, Douglas Luiz, Everton Ribeiro e Gabriel Jesus, que fizeram um trabalho de recuperação com o preparador físico Fábio Mahseredjian. Assim como na segunda-feira, Neymar seguiu em tratamento de lesão muscular na perna esquerda. O preparador de goleiros, Taffarel, comandou atividades específicas para o trio de goleiros. No dia anterior, ele só teve Weverton à disposição. O Brasil se prepara para os jogos contra Venezuela e Uruguai, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA Catar 2022, e treina em Teresópolis até esta quinta-feira, 12.

Amizade da Seleção Brasileira e do Everton 
Companheiros de Seleção Brasileira, de Everton, da Inglaterra, e de entrevista coletiva. Allan e Richarlison participaram, na terça-feira, do atendimento à imprensa online, direto da Granja Comary. Em meio a respostas, brincadeiras e risos, os dois mostraram que carregam o entrosamento que têm de dentro para fora do campo. "O Richarlison tem me ajudado bastante nesse começo de temporada, em minha chegada ao Everton, dentro do clube, dentro do campo, tem sido uma pessoa muito importante. Espero que a gente possa continuar fazendo bons jogos, um bom trabalho, tanto no Everton quanto na Seleção Brasileira", disse Allan, em sua entrevista. Enquanto Allan respondia, Richarlison reagiu com caras e bocas no fundo da sala. O fotógrafo da Seleção Brasileira, Lucas Figueiredo, registrou o momento em cliques durante a entrevista.
Juntos, os dois conquistaram a Copa América, em 2019, pela Seleção Brasileira. Cerca de um ano depois do título, o futebol voltaria a unir Allan e Richarlison, mas dessa vez fora do ambiente da Seleção. Após cinco anos de bom futebol na Napoli, da Itália, o meio-campista se transferiu para o Everton, da Inglaterra, clube de Richarlison desde 2018. Quando decidiu deixar o futebol italiano, Allan teve algumas propostas à mesa, mas acabou preferindo o Everton. E é claro que Richarlison teve sua parcela nisso. "Só o fato de jogar na Premier League, um dos campeonatos mais difíceis do mundo, já da uma visibilidade bem grande. O Everton é um grande clube, com jogadores importantes, como o Richarlison e outros da equipe. Isso sem duvida vai me ajudar bastante", disse o meia.
Allan não hesita em mostrar o carinho que tem por Richarlison e pode se dizer que a recíproca é verdadeira. O atacante adora jogar ao lado dele, como deixou claro na hora em que foi perguntado sobre o mais novo companheiro de clube. "Eu sempre brinco com o Allan, que é só para ele roubar a bola e me entregar que vou decidir lá na frente. É um cara que chegou para me ajudar. Ele chegou para subir o nível do nosso time, demos um salto muito grande com a chegada dele. Temos tudo para evoluir. Pela fase boa do time, dele também, ele chegou à Seleção. Fico muito feliz por ele, que é um cara trabalhador", revelou Richarlison.

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Procura por vacinas contra Covid-19 em clínicas particulares é grande em Teresópolis

Floração em tons de rosa e roxo deixa Teresópolis mais colorida

Circuito Terê-Fri, experiências no turismo rural, gastronomia e história

Covid-19: Fiocruz aguarda neste sábado insumo para 12 milhões de doses

BR-116 tem recuperação de pavimento no trecho da Baixada

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy