ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Seleção Brasileira faz treino com "ruço" em Teresópolis

Data: 30/05/2021

Roberto Firmino em treino da Seleção Brasileira neste domingo - Lucas Figueiredo/CBF

O tempo fechou, mas o trabalhou não parou para  a Seleção Brasileira na Granja Comary, em Teresópolis (RJ). Na manhã deste domingo (30), os jogadores da Seleção foram para campo para um trabalho intenso em um treino conhecido como "dez contra nove".

A atividade divide o grupo em duas equipes, que trabalham conceitos em cima de uma situação de superioridade numérica. O time de ataque tem dez jogadores e precisa furar a retranca da defesa, que, com apenas nove atletas, se fecha para evitar o gol. Assim que o time que se defende toma a bola, os atacantes fazem uma pressão alta para sufocar a posse dos adversários, trabalhando também a saída sob pressão. A defesa tem como objetivo fazer a bola chegar à outra metade do campo, no círculo central, para vencer a marcação alta do ataque (e assim passar a ser a equipe que ataca).

"Em ataque normal, a equipe que está atacando com superioridade no gol trabalha o conceito ofensivo de amplitude, de profundidade e circulação de bola rápida. Um trabalho de linha de ampliar, que o jogador tem mais espaço. Na ideia de defesa, (trabalhamos) a compactação, as linhas curtas. No ataque, a perda da bola e trabalhamos muito a pressão imediata, principalmente para o jogo contra o Equador, porque é um jogo em casa e vamos trabalhar para atuar dentro dessas ideias", explicou o auxiliar técnico da Seleção, Cléber Xavier.

Durante o treinamento, o técnico Tite contou com todos os 18 atletas à disposição da comissão técnica na Granja Comary. Como nos últimos dias, os treinos contaram com a participação de cinco jovens das categorias de base, que estão em Teresópolis para completar as atividades. Os times não foram fixos durante a atividade. À exceção do goleiro Alisson, que ficou no gol no exercício todo, as equipes se misturavam, com jogadores trocando de posição, de time e de função.

"Foi um treino tático para a gente começar a colocar alguns conceitos da gente nesses dois momentos: de se defender na linha baixa, de duas linhas compostas de 4 na hora da defesa. A gente não definiu posições de titularidade ainda, estamos sempre mesclando para todo mundo conseguir fazer suas funções, tanto na equipe que tinha superioridade, como na que tinha inferioridade", afirmou Cléber.

O treino foi conduzido pelos três auxiliares técnicos da Seleção Brasileira, Cléber Xavier, César Sampaio e Matheus Bachi, sob a supervisão de Tite. Depois dessa intensa atividade tática, alguns jogadores da Seleção fizeram exercícios técnicos específicos. Lucas Paquetá, Everton e Vini Jr. treinaram finalização, enquanto Casemiro, Fred, Douglas Luiz e Fabinho fizeram um trabalho de bola aérea em lançamentos.

A Seleção Brasileira volta a campo nesta segunda-feira (31) para mais um treinamento na Granja Comary, em Teresópolis (RJ). O Brasil enfrenta o Equador, no Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), na próxima sexta-feira (4) e encerra essa Data FIFA diante do Paraguai, em Assunção, no dia 8.

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Vulcão nas Ilhas Canárias poderia provocar tsunami no Brasil

Covid-19: mais 2,2 milhões de doses da Pfizer chegam a Viracopos

Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos

ONS informa que "apagão" não tem relação com crise hídrica

Tribunal de Contas do Estado aponta para rombo financeiro na prefeitura

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy