ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Segurança: RAS não será mais compulsório no estado

Data: 19/10/2018

 

O Regime Adicional de Serviço (RAS) não será compulsório para os policiais militares, bombeiros militares e policiais civis. É o que determina o projeto de lei 4.369/18, que a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou nesta quinta-feira (18), em segunda discussão. A proposta seguirá para o governador Luiz Fernando Pezão, que terá até 15 dias úteis para sancionar ou vetar.
Segundo o texto, o RAS será obrigatório somente para a realização de grandes eventos e quando o Estado do Rio estiver em calamidade pública não financeira. No caso dos agentes terem que trabalhar em grandes eventos, o serviço extraordinário deverá ser remunerado.
A proposta também anistia os militares que foram punidos por não terem comparecido ao serviço extraordinário enquanto este ainda era compulsório. De acordo com a justificativa do projeto, o RAS foi criado como um serviço voluntário em 2012, mas tornou-se obrigatório em 2016.

Compartilhar:






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Começa o pagamento do 5º lote do abono do PIS/Pasep

Mulher sofre queda de 20 metros em valão na Serra

Bolsonaro anuncia permanência de Wagner Rosário na CGU

Atendimento no Mamógrafo Móvel em Teresópolis

Amistoso entre Brasil e Argentina na Granja Comary

        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ