ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Secretaria de Segurança tenta identificar autor de bandalha na Várzea

Data: 10/10/2019

Da série "só acredito porquê filmaram": Com o trânsito parado, o condutor, ou condutora do Palio, inacreditavelmente entrou na estreita calçada e foi ?apertando? vários pedestres pelos cantos para sair à frente, depois do ponto onde o fluxo estava prejudicado. No caminho, várias pessoas incrédulas com o que estava acontecendo. GCM promete identificar e multar o infrator - Reprodução

O trânsito é composto de vários elementos onde, se um não respeitar o direito do outro, os riscos de acontecerem acidentes que podem terminar até com vítimas fatais são muito grandes. Um desses exemplos, onde alguém atropelou as leis e colocou terceiros em risco para resolver seus problemas, foi registrado em vídeo esta semana e ganhou milhares de compartilhamentos nas redes sociais. Aliás, é tipo de caso que, se não tivessem filmado, ninguém acreditaria. Com o trânsito engarrafado na Rua Muqui, na Várzea, o condutor, ou condutora, da Fiat Palio de cor prata e placa GZC 3396 (Belford Roxo), inacreditavelmente entrou na estreita calçada e foi “apertando” vários pedestres pelos cantos para sair à frente, depois do ponto onde o fluxo estava prejudicado. No caminho, várias pessoas incrédulas com o que estava acontecendo. O Fiat, ano 2012 e, segundo o Detran sem licenciamento desde 2016 e registrado em nome de “Joseilton”, segue até depois de uma clínica de fisioterapia, onde trafegam frequentemente muitos idosos e pessoas com dificuldade de mobilidade. Com a divulgação do registro, centenas de pessoas expressaram sua indignação com tamanha falta de respeito não só ao Código de Trânsito Brasileiro, mas com os pedestres. “Infelizmente esse tipo de situação é cada vez mais comum em Teresópolis. As pessoas querem resolver seus problemas e não estão nem aí se vão prejudicar centenas de outras. Outro exemplo é a fila dupla, em vários locais. Em frente padaria, entrada de shopping, Parque Regadas... A pessoa para o carro no meio da rua, liga o pisca-alertas e vai resolver a vida, causando um congestionamento enorme e sem nenhum tipo de repressão. Que vergonha, Guarda Municipal! Vamos apertar essa fiscalização!”, comentou a internauta Daniele Santos em uma das muitas publicações com o vídeo, cuja autoria é desconhecida.
Nesta quarta-feira (09), buscamos um posicionamento da secretaria municipal de Segurança Pública, responsável pela Guarda Civil Municipal, sobre o absurdo flagrante. Em nota, divulgada através da Assessoria de Comunicação da Prefeitura, a pasta prometeu apurar a situação e que se identificado, o condutor será notificado. “A secretaria ressalta que é preciso educação e respeito no trânsito e que não compactua com nenhum tipo de infração cometida e que todas as ocorrências constatadas pela fiscalização são notificadas conforme a lei correspondente”, destaca ainda.
Caso a GCM realmente queira imputar a sanção prevista ao infrator, basta utilizar a imagem divulgada pelos internautas. De acordo com o CTB, o motorista cometeu infração gravíssima, pode perder sete pontos na CNH e ser multado em R$ 880,00. A punição está prevista no Artigo 193, que dispõe sobre “Transitar com o veículo em calçadas, passeios, passarelas, ciclovias, ciclofaixas, ilhas, refúgios, ajardinamentos, canteiros centrais e divisores de pista de rolamento, acostamentos, marcas de canalização, gramados e jardins públicos.

Motoqueiro bate e foge
Outra demanda muito grande em relação à fiscalização no trânsito é em relação às bandalhas cometidas pelos motoqueiros. Ultrapassagens em alta velocidade pela direita, escapamento aberto, falta de placa e até sinalização são algumas das infrações frequentes desde que a PM foi proibida de realizar operações no trânsito. Com o Detran quase que inoperante em relação as blizen nos municípios do interior, os problemas são cada vez maiores. No último domingo, por exemplo, o condutor de uma Yamaha XTZ 150 Crosser ED, de cor laranja, bateu em um Fiat Punto de cor preta e fugiu, na Avenida Presidente Roosevelt. Imagens do circuito de segurança de um estabelecimento mostram a motorista do carro de passeio fazendo a conversão para entrar no estacionamento devidamente sinalizada, com todo o trânsito parado aguardando a movimentação, inclusive outro motociclista, quando o motoqueiro da XTZ surge em alta velocidade e ultrapassando todo o trânsito, em local onde tal situação não é permitida, e atingindo a frente do Fiat. Por sorte, o irresponsável condutor da Yamaha não cai, fugindo pouco depois da situação. O caso foi denunciado à Polícia Militar. 

 

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Prefeitura de Teresópolis libera reabertura dos parques

Anticorpos contra covid-19 duram pelo menos sete meses, mostra estudo

Aos 80 anos, Pelé é homenageado pela Fifa

Eleições: PF usará drones para flagrar crimes como boca de urna

Estado repassa mais R$ 371 milhões para as prefeituras fluminenses

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy