ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Sabores Britânicos encanta turistas em mês de aniversário da cidade

Data: 26/07/2018

Todos os pratos foram elaborados para valorizar os ingredientes de origem inglesa. A expectativa é de que grande parte dos participantes, inclusive, mantenha em seus cardápios originais essas opções britânicas

Sucesso absoluto! Essa é a expressão que mais conceitua os resultados da primeira edição do Festival Sabores Britânicos, promovido pelo Polo Gastronômico de Teresópolis em parceira com o SEBRAE e instituições da cidade. Levar as influências da colonização inglesa em nossa cidade nestes seus duzentos anos de existência e encantar o público com história e sabor lado-a-lado eram apenas os objetivos iniciais do evento, entretanto, a procura e o sucesso foram tamanhos que muitos dos estabelecimentos já inseriram em seus cardápios originais os pratos especiais do Festival. Ao longo do mês, mais de vinte estabelecimentos ofertaram aos visitantes e moradores diversas opções de pratos, de origem inglesa, produzidos por chefs da rede da gastronomia local filiada ao Polo e com a preocupação de proporcionar a experiência que os ingleses nos deixaram com sua cultura gastronômica. Até o domingo, culminando com o fim do Festival Sesc de Inverno, os visitantes vão poder participar do Sabores.
O Sabores Britânicos é fruto de um extenso trabalho de pesquisa do Polo e conta a história da colonização inglesa de Teresópolis, que revela o DNA da cidade, conhecida por sua gastronomia e hospitalidade, desde a época de seu fundador, George March. Vinte e dois restaurantes, pousadas, hotéis, participam do evento, que tem como objetivo fomentar o turismo, oferecer uma gastronomia de qualidade, proporcionar entretenimento e aquecer a economia do município. Ao longo do mês, os telespectadores da DIÁRIO TV e os leitores de O DIÁRIO tiveram a oportunidade de conhecer essas delícias sendo produzidas ao vivo em nossa cozinha dos estúdios do Canal 4. Alguns participantes prepararam os pratos e contaram na TV um pouco das inspirações de cada um na escolha das famílias de origem inglesa que estavam sendo homenageadas. Todos os vídeos estão disponíveis no canal da Diário TV no Youtube. Nascido de um trabalho que é voltado ao desenvolvimento de soluções empresariais com foco no aprimoramento da capacidade produtiva, comercial e promocional, o Festival representou tanto em números e respostas positivas, que já tem a segunda edição sendo preparada para 2019 e muitos optaram por manter em seus cardápios as gostosuras inglesas.
Apesar do enfoque técnico, já que nasce de uma ação que propõe um planejamento anual de eventos em períodos sazonais ou feriados comemorativos, tendo como premissa estruturar um ciclo de festivais que consolidarão a gastronomia local, o festival ganhou corpo e conquistou os próprios colaboradores e empresários envolvidos. Afinal, servir boa comida, mas carregada de significação e experiência é tudo que um estabelecimento gastronômico almeja, e é exatamente a oferta do festival. Nesta primeira edição, todos os restaurantes prepararam pratos inéditos de origem inglesa com o toque, o sabor e o charme da Região Serrana e com uma história para contar sobre a cidade e suas curiosidades sempre em torno da presença dos ingleses. Para as próximas edições a ideia é continuar a inovar e apresentar novidades. Segundo as empresas que estiveram em nossos estúdios, as opções deste ano já estão inseridas nos cardápios, portanto, para as próximas edições, novas opções serão criadas.
Mas ainda dá tempo para aproveitar neste final de semana. “O polo Teresópolis resgata com orgulho a vocação de Teresópolis para contar a história dos ingleses que escolheram a cidade para criar comida de verdade e receber bem. Mas também aproveita para render homenagem aos teresopolitanos que com essa inspiração toda vinda da terra da Rainha, foram capazes de produzir uma identidade muito nossa nesses duzentos anos”, disse uma das empresárias do Polo, Elizabeth Mazzi, do restaurante Manjericão. O evento também incrementou o movimento na cidade no inverno com outras atrações. Na área de música, o trio que toca Beatles Instrumental em ritmos brasileiros, o Aventuras Instrumentais no Submarino Amarelo, fez shows abertos em praças e locais de fácil acesso ao público. Sem contar as belíssimas imagens da pesquisa do jornalista e historiador Wanderley Peres, que abriu em diversas oportunidades o seu acervo com registros históricos de mais de 20 anos. Os visitantes mais curiosos ainda puderam fazer passeios históricos guiados pela cidade.
A história conta que em 1818 o português de origem inglesa, George March adquiriu uma grande gleba e transformou-a em uma fazenda-modelo, com sua sede localizada onde atualmente encontra-se o bairro do Alto numa vasta área de terras onde construiu diversos empreendimentos como: plantações de hortigranjeiros e frutas, criação de cavalos e cabras, ovelhas aluguel de casas e hotelaria. Assim surgiu o povoado de importância estratégica no caminho que ligava a Corte à província das Gerais, desenvolvendo também o hábito do veraneio da região. George March foi, certamente, o colonizador da cidade. Outros ingleses subiram a serra fugindo do calor da corte, no Rio de Janeiro. Outros ingleses fixaram e compraram terras na região, influenciados por George March.


 

 

Compartilhar:






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Escola municipal não vai ser fechada

Empresa auxilia na contratação de diaristas em Teresópolis

Maior festival multicultural do país abre inscrições na próxima semana

Estácio Teresópolis participa de ação no Dia Mundial da Limpeza

Teresópolis sedia mais uma edição do "Domingo Natural Integrativo"

        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ