ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Rua quase intransitável na Granja Guarani

Data: 13/03/2019

Buraco cada vez maior: O material depositado pelos próprios moradores para evitar acidentes foi arrastado pela força da água, que também espalhou os paralelepípedos pela via pública - Marcello Medeiros

Marcello Medeiros

Os temporais do fim de semana e do final de tarde da última segunda-feira (11) deixaram ainda pior a situação da Rua João da Costa, que faz esquina com a Flávio Bortoluzzi de Souza, principal acesso do bairro da Granja Guarani. Há pelo menos quatro meses, um buraco causado pelo afundamento do sistema de manilhas vem prejudicando a passagem de veículos e, com as fortes chuvas, o problema se complicou ainda mais. O material depositado pelos próprios moradores para evitar acidentes foi arrastado pela força da água, que também espalhou os paralelepípedos pela via pública. “O pessoal da prefeitura passa aqui e não toma nenhuma providência. Esse buraco atrapalha o carro do vizinho a entrar na garagem, atrapalha meu comércio, e tem esses paralelos rolando pela rua, uma vergonha. Ontem (segunda) na hora da chuva, o pessoal tendo que andar se arriscando para buscar as crianças na creche ali”, relata o comerciante Josimar Abrantes.
A creche em questão é a Começando Viver, administrada pelo próprio município. Porém, mesmo com a proximidade de um prédio público que atende centenas de jovens daquela região, a situação das citadas ruas é extremamente precária. Na esquina, bem próximo do estabelecimento de ensino, muitos paralelos soltos e restos de camada asfáltica colocam motociclistas, pedestres e ciclistas em risco, principalmente. O problema só não é maior, chegando a interdição total da Rua João da Costa, porque os moradores têm usado restos de material de construção e até concreto para tentar substituir o serviço que deveria ser realizado pela prefeitura. “Também venho improvisando uma sinalização para evitar que o pessoal caia dentro do buraco, e fiz isso mais de uma vez. Estamos há quatro ou cinco meses nessa situação. Alguém tem que tomar uma providência, quem sofre são os moradores, que pagam impostos para nada. Enquanto não fazem vamos colocando pedras e terra para amenizar o problema, mas vem a chuva e tira. A prefeitura tem que asfaltar para acabar com esse monte de buraco, essa vergonha”, enfatiza o comerciante.
Nesta terça-feira, entramos em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, cobrando um posicionamento da Secretaria Municipal de Obras. Porém, não obtivemos nenhum tipo de resposta até o fechamento desta edição.

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Seleção Brasileira em Teresópolis no próximo dia 27

Maio Amarelo: Governo alerta para a segurança no trânsito fluminense

Teresópolis tem 660 motoristas de aplicativo

Nova sede da OAB homenageia ex-presidente Sidley Fernandes Pereira

A importância da Consultoria de Imagem para homens e mulheres

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy