ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Restaurantes focam no serviço de delivery para compensar restrições

Data: 18/03/2020

Marcus Wagner

O setor gastronômico é uma das principais forças da economia do município de Teresópolis e está entre os setores que serão mais afetados pelas medidas para conter o avanço do coronavírus. O governo do estado do Rio de Janeiro determinou normas temporárias severas para o funcionamento destes estabelecimentos, recomendando a redução da capacidade de clientes e um afastamento mínimo entre mesas. Por conta desta situação, o Polo Gastronômico de Teresópolis se reuniu com a o governo municipal para definir como será feita a adaptação do setor às regras.

Vânia Baddini explicou que o Polo Gastronômico de Teresópolis está trabalhando para se adequar rapidamente às medidas temporárias de prevenção ao coronavírus
Vânia Baddini, presidente do Polo Gastronômico, explicou que o movimento nos restaurantes já estava reduzido nos últimos dias por conta do fechamento temporário de algumas instituições, mas é necessário realizar outras adequações: “É uma situação muito preocupante, precisamos nos precaver. Tivemos uma reunião com o prefeito, Convention Bureau e as instituições do comércio para ver o que podemos fazer para reduzir esse contágio. Quanto aos restaurantes ficamos apreensivos em ter que fechar, porém teremos é que restringir a 30% dos clientes, fazer o afastamento das mesas, mas de qualquer forma já diminuiu muito o movimento. É preciso que a população se conscientize e alguns já entenderam que devem evitar aglomerações, evitar lugares públicos fechados para que não haja o contágio”. 
Diante da necessidade de mudanças tão impactantes, o grupo de empresários do setor irá se reunir para alinhar a tomada de ações e Vânia explicou ainda que no restaurante Don Phillipe já se toma medidas preventivas: “Teremos uma reunião extraordinária do polo gastronômico para passar todo o protocolo de atendimento com garçons, higienização das mesas, das maçanetas, dos pegadores de salada. Pela falta de álcool gel, a gente também preparou um vinagre com sabão para colocar nos pegadores, disponibilizando aos clientes para se conscientizarem de fazer isso. Muitos clientes esquecem de fazer uso do álcool em gel e vamos também colocar uma pessoa para ficar em cima dessa higienização de todos que chegarem”, explicou Vânia.

Serviço de entregas
Para os restaurantes, a ferramenta para amenizar o impacto da queda de movimento é o investimento em entregas. “O movimento do delivery aumentou bastante para quem já estava preparado com esse atendimento, temos aqui no Don Philippe um delivery que funciona muito bem, estamos capacitando nossos motoboys para reduzir ao máximo casos de atrasos e também oferecemos a retirada aqui na porta e a pessoa pode vir buscar sua quentinha par comer em casa”, disse Vânia.
Já o restaurante Osvaldo & Luci que não contava com o serviço de delivery informou que também vai oferecer esta modalidade de atendimento e a partir desta quarta-feira já estará aceitando os pedidos dos clientes.

Alguns telefones com serviço de entrega em Teresópolis por telefone:

ALÔ QUENTINHAS 99243-7883

DROGARIAS TNG 97029-3682

RESTAURANTE OSVALDO E LUCI 2643-2920

ENTREGAS PARA SEMANA DA MARMATINHO 995450207

DELIVERY DON PHILLIPE 2641-4230

ALÔ QUENTINHAS 99243-7883

PEÇA EM www.paraisodeagrioes.com.br/menu - TAXA DE ENTREGA GRÁTIS

NINE PIZZARIA DRIVE THRU OU DELIVERY 2642-8240

VARIETÁ GRILL DELIVERY 2641-6384

LIMPEZA E HIGIENIZAÇÃO DE AMBIENTES MARY HELP 2643-3787

FACHINA´S MATERIAL DE LIMPEZA E HIGIENE 3644-7744 WHATSAPP 99057-8031

 


 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Detran reabre posto de vistoria em Teresópolis

PF cumpre 6 mandados de prisão contra fraudes em contratações na saúde

Vereadores do Rio aprovam testagem de covid-19 em escolas

Morreu Ivo Salvador de Albuquerque

Morreu aos 62 anos o médico José Carlos Porto

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy