ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Reforço de pessoal nas polícias Militar e Civil

Data: 01/07/2019

O governo estadual também apresentou os novos 390 policiais militares que ajudarão no reforço da segurança pública no Rio de Janeiro - Imprensa/RJ

O governador Wilson Witzel participou da formatura de novos 163 papiloscopistas da Secretaria de Polícia Civil. Os aprovados no concurso foram convocados em abril deste ano para realizar o curso de formação na Academia Estadual de Polícia Sylvio Terra (Acadepol). Os novos policiais – responsáveis pela identificação humana, civil e criminal de vivos e mortos – vão quase dobrar o quadro atual de 294 peritos papiloscópicos. - Estamos realizando a recomposição necessária do quadro da Polícia Civil. Vamos investir no empoderamento da Polícia Científica, importante para ajudar na elucidação de crimes como homicídios, latrocínios e roubos – ressaltou o governador.
Os novos policiais passaram por um curso de 840 horas/aula, dividido em dois módulos. O primeiro é o operacional, com aulas de defesa pessoal, educação física, táticas operacionais e tiro tático. Já o módulo profissionalizante inclui as matérias necessárias para exercer a atividade de papiloscopista: identificação em vivos, necropapiloscopia, papiloscopia em locais de crimes e objetos, identificação facial, entre outras. – Hoje é um dia muito especial, porque estamos falando do nascimento de novos homens e mulheres na Polícia Civil, um reforço importante para a secretaria – afirmou o secretário de Polícia Civil, Marcus Vinícius Braga.
PMs - Também na sexta-feira (28), o governo estadual apresentou os novos 390 policiais militares que ajudarão no reforço da segurança pública no Rio de Janeiro. Esta é a primeira turma de agentes formados este ano. A solenidade de formatura, no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), em Sulacap, na Zona Oeste, contou com a presença do governador Wilson Witzel e do secretário de Polícia Militar, Coronel Rogério Figueredo de Lacerda, entre outras autoridades. No discurso, Witzel destacou a importância da Polícia Militar para a democracia.
Segundo a PM, os novos soldados já estão em condições de atuar no policiamento preventivo e ostensivo no estado. Os 390 policiais militares tiveram dois treinamentos adicionais – porte velado de armas, para atuarem com mais segurança durante os períodos de folga; e capacitação de tomada de decisão, para que possam agir com rapidez em situações de estresse intenso. O treinamento utilizou um simulador em um ambiente virtual. Além deste diferencial, os novos profissionais cursaram a grade curricular convencional, com as disciplinas práticas e teóricas previstas na formação básica do efetivo da corporação. 
A partir do mês que vem, uma nova turma começará mais uma formação no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças: 500 novos concursados de 2014 darão início ao curso, no próximo dia 18 de julho. Ao longo de 2019, outras quatro turmas, com 500 concursados, também ingressarão no CFAP.

 

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Bolsonaro anuncia saída do PSL e criação da Aliança pelo Brasil

Governo realiza ações preventivas a surgimento de manchas de óleo

Prefeitura do Rio recorre à Justiça para encampar a Linha Amarela

PM flagra tráfico em casa onde foi registrado homicídio

Enem teve 27,19% de ausentes, menor taxa desde 2009

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ