ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Promessa de funcionamento do SAMU cai no esquecimento e pacientes sofrem

Data: 22/05/2019

Homem teve que ser levado para a UPA na caçamba de uma caminhonete pela falta de uma ambulância

Uma das promessas de campanha do prefeito Vinicius Claussen era de que sua gestão faria a Saúde funcionar e que não faltava dinheiro, mas sim gestão, porém o que se vê é que a situação vem piorando e a população enfrenta graves problemas quando precisa recorrer ao atendimento da Unidade de Pronto Atendimento. A promessa de que a população teria o serviço do SAMU disponível ficou no esquecimento e somente duas ambulâncias do Corpo de Bombeiros atendem a cidade e o interior, bem abaixo do que seria necessário e quem sofre acidente passa a contar com a própria sorte para que seu problema não se agrave.
No último final de semana, ocorreu um caso emblemático dessa precariedade, quando um homem com ferimento na cabeça precisou ser levado na carroceria de uma picape até a unidade de Saúde, pois não havia ambulância disponível. Para piorar, quando chegou ao local ainda teve que enfrentar uma demora até ser atendido, conforme foi registrado em um vídeo que circulou nas redes sociais. 
Por meio de comentários, muitas pessoas questionaram o fato de uma ambulância parada no local, enquanto o paciente teve que ser levado de uma forma totalmente inadequada e perigosa em uma caçamba de automóvel, porém o veículo não presta este tipo de atendimento, apenas faz transportes de transferências entre unidades de saúde. 
Situações como esta de falta de ambulância para socorro não são raras em Teresópolis e as vítimas acabam obrigadas a contar com a sorte de que a ambulância dos bombeiros esteja disponível, o u do contrário, que termine consiga finalizar a chamada anterior o mais rápido possível. 

Polêmica no Bairro São Pedro
Em janeiro deste ano, a imagem de três funcionários do SPA do bairro de São Pedro realizando um atendimento a uma vítima de mal estar na Praça central do bairro com uma das macas da unidade em plena rua gerou muita polêmica com questionamentos a respeito de falta de ambulância para atendimento e precariedade no serviço de Saúde. Desde críticas a calçada esburacada que não deixou a maca passar por ela, forçando os servidores a passarem pelo meio da rua, até a improvisação do ato com relação a necessidade de atendimento, praticamente de tudo se ouviu falar, inclusive que os funcionários estariam transferindo o paciente para a UPA, daquele jeito mesmo, pela rua. 
O Prefeito Vinicius Claussen emitiu uma explicação sobre o caso dizendo que os profissionais pegaram uma maca e levaram o homem para a unidade de saúde, que fica a poucos metros do local do incidente, onde recebeu o atendimento emergencial, tendo o seu quadro estabilizado, o paciente foi prontamente transferido para a UPA de ambulância. Ele destacou ainda que o resgate de pacientes em ocorrências em vias públicas é função do Corpo de Bombeiros e que por isso a atitude dos profissionais de saúde do posto foi “digna de aplausos”.

Frota da Secretaria Municipal de Saúde
Atualmente, a frota da Secretaria de Saúde é composta por uma ambulância de suporte avançado e duas ambulâncias básicas atuando no primeiro distrito; uma básica em Água Quente, atendendo à população do segundo distrito; e outra ambulância básica no Serviço de Pronto Atendimento de Bonsucesso, para atender ao terceiro distrito.
Em dezembro de 2018, a Prefeitura adquiriu nove carros de passeio para integrar a frota da Saúde. Dos nove carros, três estão sendo usados para o transporte de pacientes que necessitam de atendimento especializado fora de Teresópolis; dois foram enviados para o transporte de pacientes do Centro de Hemodiálise de Teresópolis; os outros carros estão servindo ao Centro de Atenção Psicossocial/Divisão de Saúde Mental e aos setores de Atenção Básica, de Vigilância Sanitária, e de Vigilância Ambiental em Saúde.

 


1

2
Interior do município conta com veículos com equipamentos básicos de atendimento


3 e 56

Governo municipal exibiu as novas viaturas em frente ao Palácio Teresa Cristina, mas esqueceu da promessa de abrir o SAMU

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Rio mantém cronograma de desmonte de hospitais de campanha

Bombeiros combatem há dois dias incêndio na Serra dos Órgãos

COVID-19: Teresópolis está na bandeira laranja de acordo com o governo do estado

Dezenas de empresas aderem à Semana Brasil 2020

Covid-19: Brasil chega a 2,8 milhões de casos; 70,3% estão recuperados

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy