ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

PRF registra queda de 21% em acidentes graves durante o feriado

Data: 14/10/2021

Foram registrados, em cinco dias de operação, 260 acidentes graves nas rodovias federais de todo o país, queda de 21,7% em relação ao ano passado - NuComPRF/RJ

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou nesta quarta-feira, 13, os números da Operação Nossa Senhora Aparecida, realizada todos os anos no feriado prolongado da padroeira do Brasil. Foram registrados, em cinco dias de operação, 260 acidentes graves nas rodovias federais de todo o país, queda de 21,7% em relação ao ano passado. Ainda assim, os acidentes resultaram em 86 mortes, 4,5% abaixo do que em 2020, quando foram registradas 90 mortes. No geral, foram 1.038 acidentes este ano, 14% a menos que em 2020. “Por mais que tenha havido um incremento no número de veículos em relação a 2020, a fiscalização conseguiu surtir efeito”, disse o inspetor Djairlon Henrique Moura, diretor de Operações da PRF. “Embora não haja o que comemorar, em virtude dos 86 mortos”, acrescentou.
Ao menos um desses acidentes com mortos ocorreu perto da basílica de Nossa Senhora Aparecida, em Aparecida (SP), mas a PRF não confirma a relação dessa ocorrência com a peregrinação de romeiros. A maior parte das mortes (27), como costuma ocorrer, deu-se em decorrência de colisões frontais, muitas das quais ocasionadas por ultrapassagens em faixa contínua, o tipo mais comum de infração nas estradas. Neste ano, foram mais de 5.700 flagrantes da irregularidade. Neste ano, o feriado de Dia das Crianças, dia 12, terminou com 1.230 feridos em acidentes nas rodovias federais, 15,4% a menos do que em 2020.

Crimes
Em relação ao combate à criminalidade, a PRF registrou um aumento significativo na apreensão de cocaína. Nos cinco dias de operação, foram apreendidos 770 kg, mais de 300% do que em 2020 (200 kg). As apreensões de maconha, por outro lado, caíram abruptamente, de 5.390 kg no ano passado para 653 kg este ano. Foram apreendidas também 35 armas e 769 munições. Ao todo, 635 pessoas foram detidas e 201 veículos adulterados foram recuperados pela PRF.

Números do RJ
O início das atividades foi no dia 8 de outubro e teve como objetivo reduzir a gravidade de acidentes no trânsito e aumentar a percepção de segurança nas rodovias federais do Rio.  Houve um reforço nas fiscalizações, priorizando pontos e horários estratégicos onde há maior incidência de acidentes graves e criminalidade, conforme apontam as estatísticas do órgão. As equipes reforçaram os trechos das BRs 101-Norte (Niterói-Manilha), 101-Sul (Rio-Santos), 116 (Presidente Dutra) e 040 (Washington Luís).
Os condutores se mostraram mais prudentes em relação aos acidentes de trânsito, cuja queda foi de 11%. Também houve diminuição de 28% no uso de bebida alcoólica durante a condução. O número de autuações (infrações de trânsito) diminuíram 17,5%. Já as fiscalizações de pessoas e de veículos dobraram, considerando o mesmo período do ano passado. No entanto, os números subiram 51% para os motoristas que fizeram uso de aparelho celular enquanto dirigiam, dado que ainda preocupa a instituição. “Essa é uma mudança comportamental que precisa ser tratada com mais intensidade”, destacou o superintendente da PRF no Rio, inspetor Romulo Silva. A PRF sempre aborda temas de segurança viária através do Cinema Rodoviário, por meio de vídeos e palestras, para assim prevenir acidentes por imprudência de condutores. Ao todo, foram detidas 44 pessoas por diversos crimes e foram recuperados 26 veículos provenientes de roubo ou furto.

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Bombeiros encerram buscas em prédio que desabou na Baixada Fluminense

Academia de Letras volta com atividade presencial no Dia da Cultura

Exigência de máscara e comprovante de vacinação para entrada no Fórum

FIRJAN: A gestão em Petrópolis e Teresópolis

Presidente Bolsonaro afirma que governo não interferirá em preços

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy