ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Preso após apedrejar igreja na Várzea

Data: 23/10/2018

A abordagem acabou atraindo grande número de curiosos e chegou a fechar parcialmente a passagem de veículos nas proximidades da rodoviária -Cacau Repórter

Marcello Medeiros

Foram necessários cinco policiais do 30º BPM para conter um homem apontado como autor de ataque contra uma igreja evangélica na Rua Waldir Barbosa Moreira, na Várzea, no último fim de semana. Os militares foram acionados por um representante do templo religioso de ordem pentecostal após o homem jogar uma grande pedra contra a porta de vidro do estabelecimento, saindo em seguida em direção ao terminal rodoviário José de Carvalho Janotti. Uma viatura que estava próximo dali fez a abordagem, sendo necessário acionar reforço porque o homem aparentava algum tipo de transtorno.
Bastante desorientado, ele chegou a se jogar no chão e acabou se machucando na tentativa de escapar da prisão e atuação pelo crime de dano contra o patrimônio. No final das contas, ainda terminou com anotação em sua ficha pela agressão praticada contra os servidores públicos. Por conta do transtorno do denunciado, não se sabe se por algum problema psicológico ou uso de algum tipo de entorpecente, por exemplo, o Corpo de Bombeiros também foi acionado. 
A abordagem acabou atraindo grande número de curiosos e chegou a fechar parcialmente a passagem de veículos na antiga Rua Primeiro de Maio. O caso foi encaminhado para a 110ª Delegacia de Polícia. Apesar da atuação em flagrante e encaminhamento para unidade policial, o homem acabou liberado após a confecção do registro do caso. 

Igreja pichada
No ano passado, outro templo religioso localizado próximo ao local do fato também foi atacado por vândalo, só que no lugar de uma pedra o bandido utilizou uma lata de spray para atentar contra a igreja evangélica. Após acessar o telhado do prédio, por imóvel ao lado, o marginal rabiscou várias indecifráveis e criminosas siglas – que trataram de ser limpas por membros da igreja no início da tarde do dia seguinte. Importante frisar sempre que pichação é crime que pode render até três anos de cadeia.

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Vulcão nas Ilhas Canárias poderia provocar tsunami no Brasil

Covid-19: mais 2,2 milhões de doses da Pfizer chegam a Viracopos

Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos

ONS informa que "apagão" não tem relação com crise hídrica

Tribunal de Contas do Estado aponta para rombo financeiro na prefeitura

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy