ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Prefeitura vai receber mais R$ 1 milhão do governo estadual

Data: 11/04/2020

Está em funcionamento um posto de triagem no Ginásio Pedrão. Porém, de acordo com a resolução estadual, a orientação é que tais unidades, que devem ser montadas e mantidas com a quantia liberada esta semana, estejam localizadas em anexos de unidades de saúde como UPAs ou emergências hospitalares

Publicada em edição extra do Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro na última quarta-feira (08) resolução do governo Wilson Witzel com mais uma liberação de recurso financeiro excepcional para que municípios com população inferior a 200 mil habitantes tenham condições de combater a propagação do novo coronavírus. Segundo a publicação, Teresópolis está entre as 35 cidades que irão receber a quantia de R$ 1 milhão para instalar centro de triagem de covid-19. Desde meados de março está em funcionamento um posto de análise de pacientes no Ginásio Pedrão. Porém, de acordo com a resolução estadual, a orientação é que tais unidades, que devem ser montadas e mantidas com a quantia acima, estejam localizadas em anexos de unidades de saúde como UPAs ou emergências hospitalares. Na última quinta-feira (09), buscamos um posicionamento do governo Vinicius Claussen sobre o possível novo local de atendimento. Porém, segundo nota divulgada pela Assessoria de Comunicação, “a Prefeitura informa que ainda não foi notificada dessa medida e que, até o momento, no Ginásio Pedrão só tem recurso municipal”. 
Além de Teresópolis, os outros municípios que serão contemplados com esse recurso são Angra dos Reis, Araruama, Armação de Búzios, Arraial do Cabo, Barra do Piraí, Barra Mansa, Belford Roxo, Bom Jesus de Itabapoana, Cabo Frio, Campos dos Goitacazes, Casimiro de Abreu, Cordeiro, Iguaba Grande, Itaboraí, Itaperuna, Itatiaia, Macaé, Magé, Mangaratiba, Mesquita, Miguel Pereira, Nilópolis, Nova Friburgo, Paraty, Petrópolis, Resende, Rio das Ostras, São Gonçalo, São João de Meriti, São Pedro Da Aldeia, Saquarema e Três Rios, Valença e Volta Redonda.

Atendimento no Pedrão
Segundo informado pela Secretaria Municipal de Saúde, a Vigilância Epidemiológica permanece em atenção, contando com apoio das Unidades Hospitalares, da UPA 24h, das Unidades Básicas e do SAD (Serviço de Assistência Domiciliar). Diante de algum sintoma como falta de ar intensa, coriza ou febre, a pessoa deve se dirigir ao Centro de Atendimento 24H Contra o Coronavírus, montado no Ginásio Poliesportivo Pedro Rage Jahara, o Pedrão, localizado na Rua Tenente Luiz Meirelles, 211, Várzea. De acordo com dados da SMS, divulgados através da Assessoria de Comunicação da Prefeitura, entre os dias 19 de março e 06 de abril, 1.149 pessoas estiveram no local buscando atendimento com a preocupação de estar contaminado com o coronavírus. O dia com maior número de registros foi 20 de março, com 166 pacientes. No último domingo, dia 05, porém, foram apenas 15 atendimentos. Como ainda não chegaram os testes rápidos, só estão sendo encaminhados para análise os casos graves.
De acordo com a subsecretária de Atenção Básica à Saúde, Dra. Edneia Martuchelli, a redução de atendimentos está relacionada à recomendação ao isolamento social e também ao número de internações domiciliares oriundas da triagem dos sintomáticos realizada no Centro. “Continuamos com as recomendações de higiene e de isolamento social, porque só assim poderemos enfrentar a pandemia. Entretanto, a Secretaria de Saúde, continua atenta e respondendo, através das unidades de saúde, às demandas para atenção às pessoas e ao combate a covid-19”, disse Edneia em nota divulgada pela Assessoria de Comunicação da Prefeitura.

Número de leitos
Na última terça-feira, a PMT divulgou outro dado relevante como forma de conscientizar o teresopolitano sobre a importância de manter curva de contágio achatada para não haver colapso do sistema de Saúde e, portanto, evitar a perda de vidas. Mesmo com o aumento do número de leitos UTI nos hospitais locais, passando de 28 para 46, eles não estariam nem perto de atender a necessidade se apenas 5% da população local desenvolvesse a forma mais grave da doença: seriam 930 teresopolitanos disputando essas cerca de 40 vagas.

 


Publicada em edição extra do Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro na última quarta-feira (08) resolução do governo Wilson Witzel com mais uma liberação de recurso financeiro excepcional



 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Vereadores do Rio aprovam testagem de covid-19 em escolas

Morreu Ivo Salvador de Albuquerque

Morreu aos 62 anos o médico José Carlos Porto

STF valida restrição para operações policiais no Rio

Rio mantém cronograma de desmonte de hospitais de campanha

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy