ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Prefeitura emite nota sobre corte de árvores no Alto

Data: 23/07/2019

Imagem do Google, de 2017, mostra uma das árvores derrubada pela prefeitura nesta terça-feira pela manhã

Na tarde desta terça-feira (23), a Assessoria de Comunicação da Prefeitura emitiu nota respondendo ao questionamento de muitos teresopolitanos em relação à derrubada de duas árvores na Praça Nilo Peçanha, entre o Colégio Ginda Bloch, e o Centro Universitário Serra dos Órgãos, no bairro do Alto. A remoção das espécies vegetais teve grande repercussão. De acordo com o documento, encaminhado para a redação do jornal O Diário de Teresópolis e Diário TV, “a Prefeitura de Teresópolis esclarece que realizou o corte das árvores, pois elas estavam mortas, podendo causar danos futuros à população”. Também de acordo com o texto, o corte foi realizado por funcionários da secretaria municipal de Serviços Públicos, mediante laudo técnico da secretaria de Defesa Civil. “No local serão replantadas mudas de árvores da Mata Atlântica com flores”, informou ainda a PMT.
Antonio Neto, que faz parte da Associação dos Moradores e Amigos do Alto (AMAAT), foi uma das pessoas que entrou em contato com nossa reportagem para reclamar da situação e cobrar ainda outras ações do governo municipal. “Além de não cuidar do gramado e demais itens do paisagismo, a mesma Prefeitura que decretou o tombamento da mesma acaba de abater integralmente duas árvores da praça. A justificativa seria o fato de as mesmas já estarem mortas, mas a foto abaixo (encaminhada para o jornal) coloca em dúvida tal justificativa. Parece ser uma abertura espaço para os eventos odiosos que a prefeitura realiza ou permite no local. O os podadores dizem que as árvores estavam mortas, embora a aparência dos troncos cortados não indiquem isso”, pontuou o morador, lembrando que o complexo praça/escola é um projeto de Oscar Niemeyer, com paisagismo de Burlemax.
Outro morador que procurou o jornal informou que em uma das árvores havia um ninho de passarinho, com nove filhotes, aves que teriam sido recolhidas por um pedestre e encaminhadas para o Parque Nacional da Serra dos Órgãos para os devidos cuidados por profissional Veterinário. Nas redes sociais, o assunto teve bastante repercurssão, com centenas de compartilhamentos e comentários. “Revoltante, se fossemos nós a tirar árvore ou plantas do nosso quintal receberíamos multa de 2000 reais ou dependendo da árvore até a prisão”, comentou a internauta Selma Carvalho em uma das muitas publicações sobre o tema. “Muita falta de respeito com os as aves. Uma prefeitura que tira uma árvore com ninho e filhotes não é uma prefeitura, é um chiqueiro com seus porcos fazendo lambança pela cidade. A esperança que nos resta agora é dos filhotes ficarem vivos”, comentou Fabio Rocha.


Em uma das árvores havia um ninho de passarinho, com nove filhotes, aves que teriam sido recolhidas por um pedestre e encaminhadas para o Parque Nacional da Serra dos Órgãos - Leitor repórter

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Turismo Cervejeiro atrai visitantes e fomenta a economia local

Projeto quer quebrar exclusividade das concessionárias de gás canalizado no estado

MP recomenda a demolição de casas construídas irregularmente

Parque Montanhas terá evento para marcar início da Primavera

Exposição prolongada ao sol segue como a principal causa dos cânceres de pele

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy