ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Preço dos combustíveis pode variar até 44 centavos por litro em Teresópolis

Data: 26/07/2017

Os postos de combustível de Teresópolis já reajustaram o valor da gasolina e do diesel para repassar o aumento dos impostos PIS e Cofins determinado pelo governo na semana passada. Em uma tomada de preços realizada nesta segunda-feira, dia 24 de julho, verificou-se que os valores da gasolina podem sofrer variações de até 40 centavos por litro. 
Na gasolina aditivada a diferença pode chegar aos 37 centavos. No caso do etanol, quem pesquisa vai poder economizar até 44 centavos por litro. No caso dos carros abastecidos com diesel, os valores variam até 40 centavos por litro. 
Os impostos mais caros fazem parte dos planos do governo federal de ajuste na economia para diminuir o rombo nas contas, mas que acaba pesando muito no bolso dos consumidores, já que nenhum dos postos terá como evitar a oneração nos preços dos combustíveis.
Entre os postos com bandeira, ligados às grandes distribuidoras, o menor preço para a gasolina encontrado foi de R$ 4,23. Mais uma vez os postos de ‘bandeira branca’ são os que oferecem os melhores preços aos consumidores, vendendo o litro da gasolina por R$ 3,99, como nos postos Ermitage e Direcional, no Vale do Paraíso. Os postos de bandeira continuam registrando os preços medianos e também mais altos. 
Os postos ligados às grandes distribuidoras continuam com seus valores entre os intermediários e os mais altos. A gasolina mais cara hoje é vendida pelo posto Nova Europa: R$ 4,39. 
Para o etanol, nos postos independentes (Ermitage e Vale do Paraíso) o litro é vendido por R$ 2,99. O litro do etanol mais caro está no posto Irmãos Rezende (BR), na Reta, a R$ 3,43. O Diesel mais caro também é vendido pelo Posto Pit Stop, que cobra R$ 3,49 pelo litro. 
Com a grande quantidade de estabelecimentos deste setor em Teresópolis, a pesquisa continua sendo a principal ferramenta para quem vai abastecer seu veículo. 
 
Concorrência desleal
Existe ainda a possibilidade da gasolina aditivada, que tem a preferência de alguns motoristas por ser acrescida de substâncias detergentes e dispersantes que têm função de limpar o sistema de alimentação do veículo, ou seja, tanque, linha de combustível, bomba e injetores, e retirar a sujeira. O aditivo costuma retardar a oxidação da gasolina e impede a formação de carbonização na câmara de combustão. A mais cara é a do Irmãos Resende, cobrando R$ 4,46 pelo litro, enquanto no Vale Paraíso está o menor preço, R$ 4,09.
A diferença entre preços entre postos ligados a grandes distribuidoras como Ipiranga, BR, Shell e Ale para aqueles que são praticados pelas distribuidoras dos pontos sem a referencia do fabricante é que a “bandeira branca” permite escolher o fornecedor mais em conta.  
A pesquisa realizada pela reportagem foi feita através de visita aos postos. O trabalho tem caráter meramente informativo. Não é feito qualquer teste sobre a qualidade dos produtos oferecidos e nem são levadas em consideração exigências das respectivas distribuidoras. 
 
 
 
 

Compartilhar:






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Três bombeiros morrem e um é ferido no combate a incêndio no Rio

Filhotes do Corpo de Bombeiros iniciam treinamento

Funcionários públicos que atendem à população deverão usar crachá

Bolsonaro diz que 13º do Bolsa Família estará na LOA a partir de 2020

HSJ e Coren oferecem palestra gratuita para profissionais de enfermagem

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ