ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

"Precisamos focar em políticas pública para a saúde da mulher"

Data: 15/01/2021

Márcia Valentim afirmou que tem o propósito de desenvolver projetos voltados para apoia famílias carentes - Marcello Medeiros

Marcus Wagner

Após tomar posse na Câmara de Vereadores de Teresópolis, Márcia Valentim (PMB) concedeu entrevista a nossa reportagem para falar sobre as expectativas e planos de seu mandato.  De acordo com a parlamentar, o foco de seu trabalho será desenvolver projetos e buscar apoio para políticas públicas voltadas para a família, assim como já vinha fazendo há mais de uma década através do projeto social que desenvolve no Bairro São Pedro, ao lado de seu marido, o ex-vereador Cleyton Valentim. 
Márcia, que era a primeira suplente do partido, assumiu como vereadora após o falecimento de Ademir Enfermeiro, no último sábado, por complicações decorrentes da Covid-19, assim ela também enfatizou a responsabilidade de substituí-lo.
“Não é nas circunstâncias que a gente esperava tomar posse. A gente sente muito pela família. Ademir Enfermeiro é um exemplo para todos nós porque com ou sem mandato ele servia à população, ajudou tantas famílias, então não é com tanta alegria assim que a gente toma posse desse mandato, devido a estas circunstâncias. Mas Deus está confiando a mim esta missão agora e a gente vai trabalhar”, afirmou.
Márcia explicou que entrou na política ao acompanhar o trabalho do marido e o desenvolvimento de seus projetos: “Ele como vereador contribuiu muito, principalmente através do trabalho social que a gente desenvolve, que já alcançamos mais de 20 mil pessoas que passaram pelo projeto. Infelizmente, a pandemia não está permitindo que a gente retorne neste momento, mas é um trabalho que a gente gosta de fazer”, explica.

Verba
Mesmo ainda quando era apenas suplente, Márcia articulou a vinda de uma importante verba para o município: “No final do ano passado, nós estivemos com a deputada Daniela e conseguimos uma verba de R$ 500 mil para combater a pandemia do coronavírus aqui na cidade. Vamos trabalhar para conseguir mais verbas para a cidade, buscar mais parcerias, mais recursos”.

Representatividade
Com a entrada de Márcia, a Câmara passa a ter duas mulheres e ela destaca que pretende sim dar voz às demandas femininas: “A gente precisa ter políticas públicas voltadas para a mulher e agora teremos duas mulheres na Câmara. Queremos representar as famílias, a terceira idade e estamos trabalhando para que muitas familiais sejam alcançadas, que nossa cidade seja realmente respeitada e que possa contar com os vereadores. Estou à disposição na Câmara, nas ruas como fiz na campanha, sendo ouvida e ouvindo a nossa população, é assim que entendemos melhor os problemas e as necessidades do lugar. A gente precisa ter políticas públicas focadas na saúde da mulher que ainda é precária na cidade. É uma luta nossa”.

Expectativa
Sobre a nova Câmara, a vereadora afirmou que está muito otimista: “Eu agradeço muito a população de Teresópolis, as pessoas me receberam com respeito, foi uma campanha com entendimento, os candidatos se respeitaram, isso traz paz. A gente espera que seja uma Câmara com muito entendimento, muito diálogo, para que a população de Teresópolis seja realmente representada”.

Apoio às famílias carentes
“Nosso trabalho continua, a gente gosta de ver resultado, gerar expectativas boas nas vidas das pessoas, e o trabalho que a gente já faz há 13 anos aqui na cidade, que é voluntário e voltado para a geração de renda, já existe e a gente quer continuar, ampliar e poder fazer muito mais. Queremos buscar aumentar as vagas nas creches, pois muitos pais, mães e avós não conseguem ter a liberdade de ir e vir para o trabalho, não conseguem porque tem que ficar com o filho ou neto. Precisamos estar preparados para isso e essa é uma luta nossa”.

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Teresópolis vacina contra Covid-19 homens e mulheres de 59 anos completos com comorbidades

Programa dá apoio a jovens para abrir ou aprimorar negócios próprios

Prazo para trocar cartões do Riocard termina no dia 14

Teresópolis vai criar o programa "Agricultor Legal"

Ministério da Saúde receberá 8,2 milhões de doses de vacina até sexta

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy