ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Praças da cidade sofrem com política e falta de cuidados

Data: 28/12/2017

Em Vargem Grande, rixa política seria motivo da praça não abrir; Na Várzea, falta manutenção na Praça Olímpica

André Oliveira (*)

Aguardada com ansiedade por moradores da localidade de Vargem Grande, no 3º distrito, uma praça construída na gestão do ex-prefeito Arlei Rosa está abandonada pela municipalidade. Na semana passada a produção do programa ‘A Vida é o Show’ visitou o espaço e constatou o problema. O comunicador Tião Correia, que trabalhou na criação do espaço, registrou a situação da praça, que sequer foi inaugurada pela administração municipal e até hoje está fechada.

A praça fica localizada ao lado do Posto de Saúde de Vargem Grande, próximo à cabine da PM, às margens da RJ-130. Na época da construção a equipe da Divisão de Parques e Jardins da Secretaria de Serviços Públicos da Prefeitura – da qual Tião fazia parte - foi a responsável pelo trabalho. A praça contava com canteiro, gramado em todo seu entorno, postes de iluminação pública, piso intertravado, arborização com ipês e magnólias, água e rede de esgoto. Também foram instalados brinquedos infantis como balanços, gangorras e trepa-trepa. 

“Quando a equipe estava trabalhando ali a comunidade vinha todo dia perguntar qual seria o dia da inauguração daquele espaço seguro e sadio para as crianças. Fico triste em ver que até hoje isso não aconteceu”, lamenta.

Embora não haja confirmação das partes, o que se sabe é que a praça não foi inaugurada porque o então prefeito e um vereador da região estariam esperando a instalação de equipamentos de uma academia da melhor idade. Como os equipamentos não vieram, os dois não se entenderam e a população pagou o pato. Hoje os brinquedos não têm crianças, o mato não é retirado, a praça não é cuidada. Um político não é mais prefeito e o outro não é mais vereador.

Parque Aquático

Não é muito diferente a situação da Praça Olímpica Luiz de Camões, na Várzea, centro de Teresópolis. O espaço público, que ficou fechado durante mais de um ano por conta de inacabáveis obras de refurmulação, ainda padece de providências. A chuva do final de semana deixou a área dos brinquedos infantis impraticável. A falta de escoamento adequado provocou poças gigantescas de água, impedindo que qualquer criança se aproxime da atração. Galhos que caíram das árvores sobre os brinquedos completam o cenário.

*Com informações do comunicador Tião Correia.

 

Compartilhar:






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Programa estadual realiza primeiro transplante cardíaco de 2019

Moro defende mais rigor na punição a homicidas

Defesa Civil sinaliza acesso a pontos de apoio em nove bairros

Após tragédia, futuro do Ninho do Urubu está indefinido

Teresópolis está sem vacina contra a raiva humana

        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ