ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Pólio e Sarampo: Vacinação não chegou a 30% em Teresópolis

Data: 22/08/2018

No momento cobertura está apenas em torno de 30% do público alvo de 8.366 crianças de um ano a menores de cinco anos - AsCom/PMT

Marcello Medeiros
 
A Secretaria Municipal de Saúde imunizou cerca de 2.440 crianças contra o sarampo e a poliomielite desde o início da Campanha Nacional de Vacinação. Os dados são referentes às vacinações ocorridas até esta segunda-feira (20). Isso significa uma cobertura apenas em torno de 30% do público alvo de 8.366 crianças de um ano a menores de cinco anos. O Dia D de mobilização aconteceu no sábado, 18 de agosto. “Essas graves doenças já estavam erradicadas, mas estão reaparecendo porque muitos pais deixaram de participar das campanhas de vacinação. Pedimos a eles que levem suas crianças para vacinar, porque só assim elas ficarão protegidas”, orienta Daurema Docasar, da Coordenação de Imunização da Secretaria de Saúde.
A Campanha começou no dia 06 e vai até 31 de agosto. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, em 19 unidades de saúde municipais, na cidade e no interior. Pais e responsáveis devem estar atentos, pois só através da vacinação a criança fica protegida contra essas graves doenças. No caso da poliomielite, foram aplicadas 2.440 doses (29,17%) das 8.366 esperadas. Para o sarampo, foram 2.447 (29,25%) de 8.366 do público alvo.
Os postos de vacinação em Teresópolis são: PSF Albuquerque, PSF Granja Guarani, PSF Beira Linha, PSF Araras, PSF Rosário, PSF Perpétuo, PSF Barra do Imbuí, PSF Pimenteiras, PSF Meudon, PSF Fonte Santa, PSF Quinta Lebrão, PSF Vargem Grande, PSF Venda Nova, PSF Granja Florestal, CES Várzea, Centro Materno Infantil, UBS Bonsucesso, UBS Vieira e UBS Pião.

Poliomielite
A vacina contra a poliomielite é segura e protege contra os dois sorotipos do poliovírus 1 e 3. Crianças com comprometimento imunológico devem ser avaliadas antes de tomar a vacina. De acordo com o Ministério da Saúde, o Brasil está livre da poliomielite desde 1990, portanto é fundamental que a população procure a vacina.

Sarampo
Este ano, 16 casos de sarampo foram confirmados no estado do Rio de Janeiro, sendo 13 na cidade do Rio, dois em Duque de Caxias e um em Niterói. A Secretaria Estadual de Saúde vem trabalhando em parceria com os municípios, inclusive realizando vacinação de bloqueio. A proteção contra o sarampo faz parte das vacinas Tríplice Viral e Tetra Viral, disponíveis conforme calendário de vacinação do Ministério da Saúde para crianças entre 12 e 15 meses. Devem ser vacinadas as crianças a partir de um ano e 4 anos 11 meses e 29 dias e adultos de até 49 anos

No estado 
No sábado o estado do Rio de Janeiro atingiu a cobertura de 33,39% e 31,94%, respectivamente, contra as doenças. Até agora, foram aplicadas 259.335 doses contra a poliomielite e 271.038 contra o sarampo no estado do Rio, mas a meta é imunizar cerca de 812 mil crianças até o fim da mobilização. Os dados de doses aplicadas são preliminares já que as informações são inseridas em sistema pelos municípios. Em 2017, no Estado do Rio, a cobertura vacinal contra o sarampo foi de 95% e contra a poliomielite essa taxa ficou em 86%, em crianças com um ano de idade. A meta é imunizar 95% do público-alvo.
Seguindo o Calendário Nacional de Vacinação do Ministério da Saúde, a recomendação para a proteção contra a poliomielite, é de 3 doses da VIP (Vacina Inativada Poliomielite) até 1 ano de idade. A partir de um ano de idade até menores de cinco anos que já tiverem tomado uma ou mais doses da vacina, receberão a VOP (Vacina Oral Poliomielite), a famosa gotinha. Sobre o sarampo, essas crianças também receberão uma dose da vacina Tríplice viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba, independente da situação vacinal, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos trinta dias.
 

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Espanha decreta novo estado de emergência em luta contra covid-19

Itália determina que bares fechem cedo contra nova onda de covid-19

Pesquisa investiga transmissão de covid-19 entre homens e animais

Professores de escolas particulares do Rio suspendem greve

Ronaldinho Gaúcho testa positivo para coronavírus

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy