ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Polícia prende pelo menos dez pessoas em operação contra roubo de cargas no Rio

Data: 11/01/2018

Foto Alessandra Coelho

Ana Cristina Campos – Repórter da Agência Brasil

Dez pessoas foram presas e um adolescente apreendido em operação contra o roubo de carga na região metropolitana do Rio de Janeiro na manhã desta quinta-feira (11). Entre os presos estão três receptadores das mercadorias roubadas pelo grupo. Segundo a Polícia Civil, esse número pode aumentar pois as equipes de policiais ainda estão nas ruas para cumprir um total de 25 mandados de prisão. Também já foram cumpridos 25 mandados de busca e apreensão.

A ação foi feita nas comunidades de Acari, Quitanda, Amarelinho, Pedreira, Lagartixa e Parque Colúmbia (na zona norte da cidade), além de São João de Meriti, na Baixada Fluminense.

Segundo o delegado titular da 64ª Delegacia Policial (São João de Meriti), Moisés Santana, a investigação começou há cerca de seis meses a partir da prisão em flagrante de um homem por roubo de cargas. “Com a prisão desse indivíduo, conseguimos identificar outros integrantes de uma organização criminosa voltada para o roubo de cargas e alguns receptadores”.

De acordo com o delegado, os roubos de cargas de alto valor ocorriam na Avenida Brasil. “Os indivíduos tinham um modus operandi bem definido. Eles se dividiam em três grupos. Um grupo ficava em determinado ponto na Avenida Brasil para selecionar as cargas a serem roubadas”, disse Santana.

“Uma outra equipe fazia a vigilância para não serem surpreendidos por policiais. E uma terceira equipe realizava diretamente a abordagem e a subtração da carga que era levada para uma das comunidades”, acrescentou.

Ainda segundo o delegado, três caminhões eram roubados por semana por essa organização criminosa. Ele informou que Rodrigo Lima, acusado pela polícia de ser o líder da quadrilha, continua foragido.

De acordo com a polícia, foram recuperados um caminhão e sete carros. Também foram apreendidos diversos tipos de mercadorias ainda não contabilizadas como relógios, bebidas, tênis, pneus, aparelhos de ar-condicionado, além de uma quantia de dinheiro.

A ação, coordenada pela Delegacia de São João de Meriti, envolve 300 policiais civis de várias delegacias especializadas, da Baixada Fluminense e da capital.

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Festa de casamento com 100 convidados é interrompida no Rio

Em dia de calor, praias cariocas registram aglomeração

TSE: em pronunciamento, Barroso pede cuidado com pandemia e fake news

Campanha das eleições municipais começa neste domingo

TSE recebe mais de 517 mil pedidos de candidatura para eleições 2020

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy