ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Polícia Militar faz a alegria das crianças em Teresópolis

Data: 13/10/2020

Os PMs pública fizeram a arrecadação dos brinquedos, livros e doces durante o trabalho de rotina e também nos DPOs da corporação em diversos bairros, distribuindo tudo que foi recebido nesta segunda-feira - Divulgação 30º BPM

Nesta segunda-feira, 12, Dia das Crianças, policiais do 30º BPM fizeram a data mais feliz para pequenos teresopolitanos residentes em algumas comunidades do município e outras cidades atendidas pela corporação. As guarnições do setor Patrulha Maria da Penha, com apoio do Tenente Felipe e Subtenente Benevides, representando o Comandante da instituição, Coronel Alexandre, realizaram a distribuição de brinquedos, entrega de doces e montagem de bibliotecas. “Em cada parada nos bairros, as equipes da Polícia Militar se emocionaram com a receptividade e o sorriso no rosto das crianças”, divulgou a PM. Os agentes da segurança pública fizeram a arrecadação dos brinquedos, livros e doces nas últimas semanas durante o trabalho de rotina e também nos DPOs da corporação em diversos bairros.
Um dia antes do Dia das Crianças, no dia 11 de outubro, o mundo celebrou o Dia das Meninas. A comemoração foi instituída pela ONU em 2011 como forma de promover o direito das meninas. Nesta segunda foi feriado devido à celebração pela padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida, ser homenageada. Único feriado nacional em homenagem a um santo. O 12 de outubro é dia da Nossa Senhora Aparecida porque, aproximadamente nesta data, em 1717, pescadores encontraram uma imagem da santa nas margens do Rio Paraíba do Sul (em São Paulo). A semana também é marcada por outras datas como o Dia Internacional das Mulheres Rurais e Dia do Professor (ambas no dia 15 de outubro).

Preços de produtos
O preço dos produtos e serviços mais procurados para o Dia Crianças subiu 3,21% entre outubro de 2019 e setembro de 2020. O aumento ficou abaixo da inflação média medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que foi de 3,6%. A informação foi divulgada pelo coordenador do IPC do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV), André Braz. Algumas despesas comuns na data, porém, superaram a inflação acumulada no período. É o caso dos computadores e periféricos, que subiram 9,24% nos últimos 12 meses. “Subiram muito de preço em função da prática do home office (trabalho em casa), do uso desses equipamentos para ensino a distância e, também, para entretenimento”, explicou Braz. Segundo ele, a desvalorização do real frente ao dólar também contribuiu para a alta de preços. Braz citou ainda hábitos mais ligados a serviços que também subiram acima da inflação média, entre os quais comer fora de casa (3,4%), tomar sorvetes fora de casa (5,9%); refrigerante (4,9%). Quanto aos  presentes, tiveram aumento acima da inflação os preços de bicicletas (4,9%) e calçados (4,3%). Os aumentos foram menores em telefones celulares (2%), roupas (2,6%), instrumentos musicais (2,9%) e bonecas (2%). O único item em que os preços baixaram foi o de artigos esportivos (-3,9%).

 

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Tribunal de Contas do Estado aponta para rombo financeiro na prefeitura

COPBEA tem mais de 80% de resolução das denúncias de maus tratos a animais

Piso da Casa de Cultura é recuperado para aulas de dança

Portugal reconhece certificados de vacinação emitidos pelo Brasil

Pescado: Comerciantes locais atentam para cuidados com origem do produto

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy