ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Polícia investiga caso de furto nas lojas Americanas

Data: 16/04/2019

Os produtos foram entregues no estabelecimento e a dupla encaminhada para a 110ª Delegacia de Polícia, ficando presa em flagrante pelo crime de furto - Divulgação 30º BPM

Ocorrência de furto na loja Americanas Express, localizada na Avenida Oliveira Botelho, no bairro do Alto, no último domingo (14), deixou muita gente intrigada: Uma televisão de 55 polegadas, 18 ovos de páscoa e mais de mil barras de chocolate foram retirados do estabelecimento e colocados em um veículo em pleno horário de funcionamento, sendo que ninguém percebeu o fato até que a Polícia Militar abordasse os apontados autores do crime. Eles estavam em uma Fiat Uno e foram parados na Avenida Rotariana, no Soberbo, quase pegando a estrada em direção ao Rio de Janeiro levando todo o material.
Os militares do 30º BPM tiveram a atenção despertada para a acomodação da grande quantidade de produtos no veículo, sobrando apenas espaço para motorista e passageiro. Questionados pelas equipes dos setores Bravo e DPO Água Quente, eles não apresentaram nenhuma nota fiscal e entraram em contradição sobre a procedência dos produtos. Como havia etiquetas das Lojas Americanas, o material foi encaminhado para o local, sendo reconhecido por funcionários.


A informação que eles não haviam percebido o furto, mas reconhecido que a dupla havia visitado a loja momentos antes, foi passada pela Polícia Militar. Os produtos foram entregues no estabelecimento e a dupla encaminhada para a 110ª Delegacia de Polícia, ficando presa em flagrante pelo crime de furto. Nesta segunda-feira os homens seriam transferidos para unidade prisional da Polinter, no Rio de Janeiro. Eles estavam de posse ainda de um equipamento utilizado para desacoplar o sistema de alarme instalado em algumas mercadorias. 
Nesta segunda-feira entramos em contato com a Assessoria de Imprensa das Lojas Americanas. Apesar de um retorno em primeiro momento, informando que “seria averiguada a situação”, até o fechamento desta edição não recebemos nenhuma nota com posicionamento da empresa diante do acontecido. Esse tipo de crime estaria acontecendo com certa frequência.

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Governo do Estado decide nesta segunda-feira tempo de prorrogação do isolamento social

Covid-19: Federação atesta 1ª morte de jogador de futebol na Bolívia

Promoção pessoal no combate ao coronavírus

Número de casos do novo coronavírus no Brasil ultrapassa 510 mil

Boletim Coronavírus (31/05): 5.344 óbitos e 53.388 casos confirmados no Estado do Rio

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy