ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

PM apreende quatro quilos de cocaína no Vale da Revolta

Data: 17/07/2018

Além dos quatro quilos de cocaína, PM encontrou etiquetas de identificação e balanças de precisão - Divulgação 30º BPM

Marcello Medeiros

Mais de quatro quilos de cocaína (4.098kg no total), além de 48 folhas com etiquetas com a inscrição “TCP Região Serrana Melhor do Momento – R$ 20 e R$ 30”, além de três balanças de precisão e grande quantidade de embalagens foram apreendidas pelo 30º Batalhão de Polícia Militar no último fim de semana. A carga de entorpecentes estava em uma região de mata vizinha à servidão acessada pela Rua Floro José Dias, no Vale da Revolta, e seria de propriedade de um traficante da comunidade que se encontra no sistema prisional da Polinter, no Rio de Janeiro, há dois anos. Mesmo atrás das grades, ele estaria comandando o tráfico no Vale da Revolta, tentando “passar o negócio” para o filho, um jovem de 21 anos preso pela Polícia Militar na semana passada com pequena quantidade do mesmo entorpecente e 25 munições para calibre 38.
Equipes de quatro guarnições foram enviadas ao local após informações passadas ao Disque Denúncia (2742-7755) do 30º BPM. Como recentemente houve troca de tiros com traficantes e até mortes por conta da disputa pelos pontos de venda nessa mesma comunidade, qualquer operação na área precisa ser realizada com atenção e precisão. A droga, que teria como origem favela no Rio de Janeiro, foi apresentada e apreendida na 110ª Delegacia de Polícia. 
Participaram da operação no Vale da Revolta as equipes da Supervisão (Tenente Castanheira e Soldado Gomes), PATAMO (Sargento Albuquerque, Cabos Pablo e André e Soldado Barcellos), DPO São Pedro (Sargento Alexandro e Cabos Ferraz e F.Toledo) e três agentes da Polícia Reservada (P2), setor responsável pela investigação no quartel.

Como denunciar
As ocorrências de prisões por tráfico e apreensões de entorpecentes têm acontecido quase que diariamente em Teresópolis e nos mais diversos bairros. Devido ao grande território e crescimento populacional, a Polícia Militar não consegue atender a todas as comunidades ao mesmo tempo e, por isso, pede que a população faça sua parte e denuncie qualquer ato ilícito. As informações podem ser passadas de forma anônima para os telefones 190, 2742-7755 e 99817-7508 (WhatsApp).

 

 

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Vulcão nas Ilhas Canárias poderia provocar tsunami no Brasil

Covid-19: mais 2,2 milhões de doses da Pfizer chegam a Viracopos

Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos

ONS informa que "apagão" não tem relação com crise hídrica

Tribunal de Contas do Estado aponta para rombo financeiro na prefeitura

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy