ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Perigo para pedestres em pontes na Várzea

Data: 07/11/2017

A grande improvisada no lugar da mureta está com parte da estrutura projetada para a rua, diminuindo ainda mais o espaço dos pedestres - Foto Marcello Medeiros

Marcello Medeiros

Pedestres que precisam caminhar pela estreita passagem ao lado da ponte sobre o Rio Paquequer na Rua Tenente Luiz Meirelles, nas proximidades do terminal rodoviário José de Carvalho Janotti, devem ter a atenção redobrada no lado sentido São Pedro. Há mais de um mês uma das partes da proteção de concreto tombou – ou foi derrubada – dentro do curso d´água e, desde então, o governo municipal vem usando questionáveis materiais como guarda lateral dos caminhantes. Uma tela de arame, pedaços de madeira, restos de uma grade utilizada no trânsito... De tudo um pouco já foi amarrado na ponte, sempre deixando algum tipo de risco para os transeuntes e contribuindo para o empobrecimento estético justamente no principal acesso para o turista que chega ao município utilizando o transporte coletivo.
Por vezes, o espaço onde estava a mureta de concreto fica completamente vazio, gerando o risco de uma queda de grande altura dentro do Paquequer. Isso porquê não bastasse o descaso da secretaria municipal de Obras e Serviços Públicos, vândalos têm retirado com frequência as improvisadas proteções. Atualmente, a grande utilizada para controlar trânsito de pessoas e veículos e adaptada na ponte está bastante avariada, com parte da armação de ferro projetada para a Rua Tenente Luiz Meirelles. Dessa forma, fica ainda menor o espaço para a passagem de pedestres.
O local tem grande movimentação porque é um dos principais acessos do bairro mais populoso de Teresópolis, São Pedro, além de existirem próximo dali grande número de estabelecimentos comerciais e, como citado acima, o terminal rodoviário. Em outra movimentada via da região central do município, a Duque de Caxias, a situação deve se repetir em breve. Uma das proteções de concreto da ponte, no lado direito, sofreu algum tipo de impacto e está com grande inclinação em direção ao Paquequer. Vale frisar ainda que é de responsabilidade do município a construção da mureta de proteção para o novo muro da Rua Manual Madruga, acesso da Praça Olímpica. Dessa forma, poderia ser colocado no mesmo serviço a recuperação das outras proteções da região central antes que o pior aconteça.

Problema foi registrado há mais de um mês e, mesmo assim, governo municipal segue com precária segurança para os pedestres na Tenente Luiz Meirelles

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Festa de casamento com 100 convidados é interrompida no Rio

Em dia de calor, praias cariocas registram aglomeração

TSE: em pronunciamento, Barroso pede cuidado com pandemia e fake news

Campanha das eleições municipais começa neste domingo

TSE recebe mais de 517 mil pedidos de candidatura para eleições 2020

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy