ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Perigo cada vez maior na Rua Duque de Caxias

Data: 22/12/2017

Apesar de alertada, a secretaria municipal de Obras e Serviços Públicos até então não tomou nenhuma providência sequer e, no sentido contrário, a situação fica pior a cada dia (Foto Marcello Medeiros)

Marcello Medeiros

Há cerca de seis meses, pedestres que passam por uma das principais vias da região central do município precisam ter atenção redobrada para não se envolver em grave acidente: Uma das muretas de proteção da ponte está cedendo em direção ao Paquequer. Apesar de alertada, a secretaria municipal de Obras e Serviços Públicos até então não tomou nenhuma providência sequer e, no sentido contrário, a situação fica pior a cada dia. Nesta quinta-feira, a reportagem do jornal O DIÁRIO e DIÁRIO TV constatou que uma das bases da estrutura de concreto está cada vez mais comprometida e tombando no sentido do curso d´água, fazendo que alguém que encoste no local por descuido, por exemplo, caia de grande altura – levando também a pesada armação de ferro e cimento.

No início da tarde de ontem, quando registrávamos o agravante, duas crianças passaram bem próximo e até tocando na mureta, com os familiares, assim como a grande maioria das pessoas que trafega pela Rua Duque de Caxias, sem perceber o risco que os pequenos estavam correndo. A via em si é uma das mais movimentadas da região central do município, fazendo com que pedestres às vezes tenham que disputar espaço na calçada e, consequentemente, esbarrar na mureta.

É evidente que lugar de proteger a estrutura tem gerado risco paras os pedestres, além de contribuir para o empobrecimento estético do Centro. Em outra época, a ponte da Duque de Caxias estaria decorada para o período natalino. Atualmente, sequer a pintura feita com cal está em dia, mais um reflexo do desgoverno municipal em curso.

Situação parecida acontece na Avenida Tenente Luiz Meirelles, onde uma das muretas de proteção da ponte, nas proximidades do terminal rodoviário José de Carvalho Janotti, caiu, ou foi derrubada, dentro do Paquequer. O problema aconteceu no início de novembro e, até hoje, a única providência tomada pela secretaria de Obras e Serviços Públicos foi amarrar uma estrutura de ferro, um resto de grade de grade geralmente utilizado em eventos.

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Teresópolis: Novo Decreto endurece medidas para enfrentamento à COVID-19

Feirarte Virtual: plataforma gratuita aproxima os expositores da Feirinha de Teresópolis dos consumidores

Fachin anula condenações de Lula, ex-presidente volta a ser elegível

Petrobras aumenta preços da gasolina e do diesel nas refinarias

Valor médio de auxílio emergencial será de R$ 250, diz Guedes

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy