ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Pai denuncia o próprio filho por planejar roubo e homicídio

Data: 10/04/2018

Arma, ferramentas e outros objetos que seriam utilizados no roubo seguido de morte planejado pelo adolescente - Divulgação 30º BPM

Marcello Medeiros

Não fosse o olhar atento e preocupado de um pai, o proprietário de um sítio localizado na zona rural do município poderia entrar em breve para a estatística de assassinatos em Teresópolis. Ao verificar mensagens no aparelho de telefone celular que havia emprestado para o filho, o homem descobriu que o jovem, que está prestes a completar a maioridade, estava planejando um roubo seguido de morte envolvendo o morador de localidade no interior. As mensagens, trocadas com outros que participariam do crime, indicavam quase toda a ação criminosa e continham inclusive fotos da propriedade rural que seria atacada pelo bando. Desesperado, ele começou a revirar as coisas do adolescente e acabou encontrando uma das armas que seria utilizada no latrocínio, uma antiga espingarda calibre 36. Nesse momento, entrou em cena a Polícia Militar.
Preferindo ver o filho apreendido e encaminhado para a Vara da Infância e Juventude do que respondendo por fato análogo a homicídio, e consequentemente destruindo uma família, o homem solicitou apoio da PATAMO comandada pelo Subtenente Michel. Com apoio da Polícia Reservada do 30º BPM, a P2, o Oficial do 30º BPM esteve na residência do comunicante e apreendeu a arma de fogo. 
Em seguida, as equipes iniciaram as buscas para apreender o adolescente. Ele foi encontrado na casa da mãe no bairro do Vale da Revolta, às margens da BR-116. Estava de posse de uma mochila onde havia vários rolos de fitas adesivas, fios de nylon, luvas, ferramentas e outros objetos que, segundo o próprio, seriam utilizados durante a empreitada criminosa. O objetivo principal do roubo, de acordo com o que teria sido declarado pelo próprio menor aos policiais do 30º BPM, seria assassinar o dono do sítio e fugir com seu veículo. O jovem foi encaminhado para a 110ª Delegacia de Polícia, prestando depoimento acompanhado do responsável e representante do Conselho Tutelar. Em seguida, foi encaminhado para a Vara da Infância e Juventude. Todo material foi apreendido pela Polícia Civil. Os outros envolvidos na história estão sendo investigados.
Além do Subtenente Michel a equipe da PATAMO era composta pelo o Sargento Pimentel, Cabo Magno Geraldo e Soldado Adriano. A Polícia Militar reforça sempre a importância da realização de denúncias, mesmo que de forma anônima, para combater atos criminosos diversos. Os telefones são 190, 2742-7755 e 99817-7508 (WhatsApp).

Espancamento
No final da madrugada desta segunda-feira, um homem foi violentamente espancado no bairro de São Pedro. Com muitos machucados pelo corpo, principalmente graves lesões na cabeça, ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para o Hospital das Clínicas, onde precisou ser internado. O acionamento do resgate foi feito pela moradora de uma residência próxima ao local do violento ato. Até o fechamento desta edição não havia informações sobre os autores da tentativa de homicídio.

 

 

Compartilhar:






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Marido de deputada federal é morto a tiros em Niterói

Bolsonaro diz que avalia reduzir para 4% imposto sobre produtos de TI

Programa Estadual de Cirurgia Bariátrica é referência

Moro diz que pode ter cometido um descuido formal

Mais assentos preferenciais em transportes intermunicipais

        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ