ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Operadora de ônibus Buser começa a operar em Teresópolis

Data: 31/07/2021

Com uma linha que atende a dois destinos, o Terminal Tietê e São José dos Campos, em São Paulo, a empresa de fretamento coletivo Buser começou a operar em Teresópolis nesta sexta-feira

Com uma linha que atende a dois destinos, o Terminal Tietê e São José dos Campos, em São Paulo, a empresa de fretamento coletivo Buser começou a operar em Teresópolis nesta sexta-feira, 30. Tal serviço consiste na locação em grupo de um coletivo, com passagens de ônibus intermunicipais compradas via aplicativo ou pelo site da empresa com tarifa menor do que é aplicado nos guichês ou páginas de terminais rodoviários. O passageiro se cadastra, entra em um grupo de viagem para o destino interessado, com data pré-estipulada. Como o aplicativo não é vinculado a nenhuma viação, as viagens são feitas por meio de ônibus fretados, que são contratados pela empresa. Outro objetivo do app é reunir o maior número de pessoas interessadas em um mesmo trajeto para dividir os custos do transporte alugado.
De acordo com o site da Buser, os grupos são confirmados até 48 horas antes da viagem e, caso não seja alcançado o número mínimo para a locação, a pessoa é reembolsada. “Integralmente, sem qualquer multa ou taxa! Os créditos ficam disponíveis na sua conta para fazer uma nova reserva ou você pode reembolsar o valor pago para o seu cartão de crédito ou conta bancária”, explica a empresa em sua página. Ainda de acordo com o site, as empresas de fretamento executivo oferecem uma alternativa “mais barata, melhor e mais segura”. “As viagens chegam a custar menos do que a metade do preço da rodoviária e contam com seguro, motoristas treinados, veículos inspecionados e monitorados por GPS, câmera, além de outros itens de segurança”, informa a Buser. A linha inicial com operação em Teresópolis faz parada na Rua Tenente Luiz Meirelles, 1221, Bom Retiro, em frente a uma loja de Tintas. Em seguida, o coletivo segue para a rodoviária de Petrópolis antes de tomar São Paulo como destino. O valor inicial divulgado é de R$ 74,90 para ambos os destinos, enquanto a Águia Branca, que faz a linha Teresópolis x SP, cobra R$ 109.  Entramos em contato com a empresa para saber se há previsão de outros itinerários passando por Teresópolis, mas não obtivemos resposta até o fechamento desta edição.

Valores mais baixos
A Buser promete viagens até 60% mais baratas pelo modelo de frete coletivo. Os usuários dividem o custo do fretamento de um ônibus, dentre as mais de 150 empresas do setor conectadas com a Buser. A startup afirma que a competição e a recorrência das viagens permitem que os preços aos viajantes sejam mais baratos do que nas rodoviárias tradicionais. 
As reservas são feitas pelo aplicativo ou pelo site da Buser. Os usuários têm um valor máximo do frete cobrado do cartão de crédito, e podem receber parte do dinheiro de volta caso mais usuários reservem assentos. As empresas de ônibus e os motoristas são certificados pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). Os veículos têm câmeras e GPS. Até o momento, 1 milhão de usuários fez ao menos uma viagem pela Buser. O número de viajantes cresceu ao longo dos anos, assim como as batalhas judiciais. A Buser enfrentou mais de 200 litígios em sua história. Geralmente são ações movidas por associações de classe em cada estado, que reúnem empresas de ônibus nas rodoviárias. As associações alegam que o modelo de fretamento coletivo se assemelha ao do transporte regulado e a Buser se caracterizaria como concorrência clandestina e/ou predatória.

Rio proíbe circulação
Na última segunda-feira, 26, o Detro-RJ aprendeu coletivo a serviço de empresa de aplicativo, em ação de fiscalização realizada na Glória. O ônibus de fretamento operava o mesmo trajeto de linhas rodoviárias intermunicipais regulares, com venda individual de passagens, sem autorização do Estado, configurando a infração. Os fiscais aplicaram multas e recolheram ao depósito público o coletivo da empresa Buser. Além disso, outros seis ônibus foram impedidos de seguir viagem. O valor da multa é de R$ 3.627,00, dobrando em caso de reincidência. O ônibus apreendido tinha como destino a cidade de Macaé. Além das ações de inteligência, as reclamações recebidas pela Ouvidoria ajudam a nortear as operações. Os cidadãos podem encaminhar denúncias sobre transporte intermunicipal pelo e-mail ouvidoria@detro.rj.gov.br, pelo telefone (21) 3883-4141 ou pelo WhatsApp (21) 98596-8545.


 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Vulcão nas Ilhas Canárias poderia provocar tsunami no Brasil

Covid-19: mais 2,2 milhões de doses da Pfizer chegam a Viracopos

Ator Luis Gustavo morre aos 87 anos

ONS informa que "apagão" não tem relação com crise hídrica

Tribunal de Contas do Estado aponta para rombo financeiro na prefeitura

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy