ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Operação Lei Seca completa 10 anos

Data: 18/03/2019

Com 10 anos de história, a Operação Lei Seca inicia nova etapa de operações de fiscalização em rodovias estaduais - Imprensa/RJ

Nesta terça-feira (19), a Operação Lei Seca completa 10 anos em atuação no estado do Rio de Janeiro. Para celebrar a data será realizada uma missa na igreja da Candelária, no Centro, às 10 horas, com a presença do efetivo da operação e autoridades públicas convidadas. Desde a criação da Operação Lei Seca até hoje, quase 3,5 milhões motoristas foram abordados em mais de 22 mil blitzen em todo o estado. “A data comemora a mudança do comportamento da população fluminense que entendeu sobre os riscos da mistura de álcool e direção”, comemora a direção da Lei Seca. Em 10 anos houve uma redução de mais 50% no número de motoristas flagrados nas blitzen dirigindo sob o efeito de álcool.
Um outro dado que mostra que a Operação Lei Seca vem cumprindo com a missão de salvar vidas é que, segundo dados do Seguro DPVAT (*Fonte: Seguradora Líder), nos últimos 10 anos houve redução de 53% no número de mortes em acidentes de trânsito no estado. Em 2008, o DPVAT pagou 5.173 indenizações a familiares de vítimas de acidentes fatais no Rio de Janeiro. Em 2018, foram 2.547 benefícios pagos. - A Lei Seca vem promovendo uma mudança significativa no comportamento e nos hábitos dos motoristas. Todos nós ganhamos com esses resultados, mas precisamos continuar zelando pela vida da população e é por isso que o Governo Wilson Witzel ampliou a Operação Lei Seca transformando-a em 24 horas e está levando para todo o Estado, para rodovias estaduais e para o mar, através da Operação Lei Seca Marítima. - reforçou o secretário de Estado de Governo, Gutemberg Fonseca.

Ações de Conscientização
Além das fiscalizações, que contam diariamente com 200 agentes, as ações de educação da Lei Seca reforçam a recomendação aos motoristas de não dirigir depois de beber. Desde 2009, mais de 2.700 palestras foram realizadas em escolas, universidades e empresas de todo o estado, contando com a participação de 28 pessoas com deficiência (PCD) - vítimas de acidentes de trânsito provocados por consumo de álcool.

Operações em estradas
A Operação Lei Seca iniciou as operações de fiscalização em rodovias estaduais. As duas primeiras realizadas na Rodovia Amaral Peixoto, a RJ-106, em Itaipuaçu, na entrada para Maricá, e próximo a Macaé. A operação em rodovias é uma parceria da Secretaria de Estado de Governo e do Detran com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER-RJ), e segue o mesmo modelo das que já ocorrem nas vias públicas. A coordenadora da Lei Seca, Verônica Oliveira, explicou que a RJ-106 foi escolhida para iniciar as operações por ser a rodovia mais perigosa do estado. Segundo Verônica, um levantamento estatístico feito com o apoio do Batalhão Policial Rodoviário mostrou quais rodovias têm o maior número de acidentes com mortes e lesões no trânsito. No caso da RJ-106, só no mês de fevereiro foram 75 acidentes.
A Operação Lei Seca nas Estradas contará com oito equipes e será realizada em todas as rodovias estaduais, sempre de quinta-feira a domingo, quando há maior movimentação e aumenta o número de acidentes. Poderão ser abordados todos os tipos de veículos que circulam pelas vias, como carros de passeio, ônibus de turismo, caminhões, carretas etc. 

 

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Seleção Brasileira em Teresópolis no próximo dia 27

Maio Amarelo: Governo alerta para a segurança no trânsito fluminense

Teresópolis tem 660 motoristas de aplicativo

Nova sede da OAB homenageia ex-presidente Sidley Fernandes Pereira

A importância da Consultoria de Imagem para homens e mulheres

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy