ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Odenir Quincas quer a confiança do teresopolitano para mudar

Data: 25/05/2018

A Saúde, assunto escolhido pelo candidato do PP, foi o tema de maior recorrência entre as entrevistas já realizadas, na verdade, apenas uma, das sete já realizadas não abordou esse que é também o assunto mais debatido entre os comentários dos internautas sobre as entrevistas

Anderson Duarte

Falta bem pouco, na verdade apenas mais duas candidaturas ainda vão passar pela série de entrevistas promovidas pelo Grupo DIÁRIO para receber os candidatos ao cargo de Prefeito de Teresópolis no próximo dia três de junho. Nesta quinta-feira, 24, foi a vez do representante do PP ao cargo, Odenir Cardoso Quincas, participar da série e a exemplo do que aconteceu com a candidatura do PRP, o candidato a vice da chapa não pode participar da entrevista alegando um compromisso em outra cidade. A chapa do PP é composta pelo ex-secretário do governo Tricano, Marcão, como candidato a vice-prefeito. Quincas apresentou parte de sua proposta para as áreas de Saúde, Educação e também os muitos problemas dos Serviços Públicos de Teresópolis. Guardado o compromisso com a qualidade da informação e o alcance dos fatos e acontecimentos envolvendo a vida do teresopolitano, O DIÁRIO leva até a população as propostas e pensamentos dos pleiteantes para a condução do mandato tampão do cargo, provocado pela cassação da chapa de Mario Tricano e Sandro Dias. Todas as nove candidaturas foram convidadas e devem participam em sua totalidade da série utilizando o espaço cedido pelo Grupo Diário para expor suas proposições para a gestão da cidade. Além da veiculação ao vivo também serão feitas outras duas reprises e a veiculação aqui em nossa edição impressa, no dia seguinte a participação do candidato.

- Quem é Odenir Cardoso Quincas

Diferente da maioria das entrevistas até o momento veiculadas, a candidatura do PP também não pode contar com a presença do candidato a vice durante a realização da entrevista. Como de costume, os primeiros momentos de entrevista são dedicados as apresentações pessoais e o histórico de vida do pleiteante. Nascido e criado no Buraco da Gata, hoje, Vila Santo Antonio, Odenir Cardoso Quincas, foi vereador por quatro mandatos seguidos onde conquistou a reeleição com expressiva votação. Antes de lançar-se ao legislativo, ocupou por dois mandatos a posição e presidente da associação de moradores do bairro do Alto, tradicionalmente seu maior reduto eleitoral. Filho de dois servidores públicos, Quincas chegou a trabalhar como inspetor de alunos no Euclides da Cunha e hoje é um dos maiores empresários do ramo de farmácias e drogarias do interior do estado. Com 54 anos, Quincas quer usar toda a experiência que acumulou neste período onde passou no Legislativo, aliado ao seu tino empresarial, para transformar a gestão pública de Teresópolis.

- Para gerir a saúde em Teresópolis vai ter que ser muito humilde

O candidato a prefeito pelo PP quer gerir a Saúde em Teresópolis, segundo ele, com a ajuda de quem entende muito. “Não há como gerir a nossa saúde sem ter a humildade de pedir a ajuda de quem entende. Nós temos a FESO, que além de prestar um serviço de excelência na área médica, é a instituição que mais entende da área em nossa região. Nós não podemos abrir mão disso, assim como também não dá para continuar deixando de lado a contribuição de uma entidade como o Hospital São José, e o Hospital Nossa Senhora da Saúde. Nós já tivemos médicos na prefeitura, muitos médicos na vereança, nas secretarias foram diversos, e não consegui lembrar de nada descente que eles fizeram por lá. Mas isso é falta de coragem, eu tenho de sobra e sei o que precisa ser feito. Gerir uma área tão difícil como a Saúde não exige apenas conhecer um pouco do assunto, tem que ser especialista. A gestão da saúde é um dos modelos de gestão mais complexos e existe a crença de que ela pode ser feita por qualquer pessoa. Por se tratar de uma gestão como qualquer outra e com isso, pode ser realizada por qualquer administrador competente. Vamos ser humildes para pedir ajuda”, lamenta e acrescenta o candidato.
O assunto escolhido pelo candidato do PP foi o tema de maior recorrência entre as entrevistas já realizadas, na verdade, apenas uma, das sete já realizadas não abordou esse que é também o assunto mais debatido entre os comentários dos internautas sobre as entrevistas. “O atendimento na saúde pública encara diversos desafios. A grande quantidade de pessoas em filas de espera, a atuação pouco satisfatória de profissionais e a baixa efetividade, em muitos casos, reforçam a ideia de pouca eficiência. O SUS tem muito a oferecer a pacientes com diferentes condições e necessidades, mas é preciso driblar esses obstáculos para que seja viável otimizar todo o processo. Um exemplo é a organização do sistema. Quando a equipe não sabe qual processo deve ser implementado, é comum que tudo se torne menos eficiente. O resultado vem na forma de um longo tempo de espera por atendimento, assim como na insatisfação dos pacientes de uma maneira geral”, finaliza Quincas.

- A Educação de qualidade é feita pelo Servidor Público municipal valorizado 

“Tenho muito orgulho de dizer que a minha mãe era merendeira de escola. Ela fez parte da historia de muitos teresopolitanos e é assim que se faz uma educação de qualidade, com as pessoas que lá estão. Uma das maiores violência com a educação de Teresópolis foi terceirizar o serviço de merenda. Isso é trabalho para nossas servidoras, é responsabilidade de nossos produtores rurais, é incumbência da prefeitura e de mais ninguém. Vamos voltar a investir nos nossos profissionais. Professor valorizada produz educação de qualidade. Mais do que uma simples ampliação da oferta de locais para estudar, nós queremos oferecer uma gestão eficiente e responsável, para fazer a diferença na qualidade da educação pública. Temos hoje várias escolas superlotadas, enquanto muitas outras estão subutilizadas. Isso é falta de gestão. Se não houver um esforço de melhoria na eficácia de uso das verbas em educação, o sistema público não vai avançar na velocidade que a nossa cidade precisa”, alerta Quincas.
Segundo ele, paralelamente ao combate ao desperdício e desvio desses recursos voltados especificamente a Educação, é fundamental valorizar a carreira do magistério, melhorando o salário para atrair professores mais bem preparados. “Além disso, é extremamente necessário acabar com a ingerência política na administração das escolas e da própria secretaria de educação. Faço inclusive um registro ao nome da atual secretária, que vem do funcionalismo, é de carreira e está fazendo um excelente trabalho. Se nós formos escolhidos para comandar a cidade, tenho certeza que farei um convite a ela para continuar com esse maravilhoso trabalho”, explica Quincas. Ainda de acordo com Quincas, na área da Educação, felizmente, dinheiro não é tudo, é preciso boas ideias e excelentes iniciativas. “O esporte, por exemplo, precisa estar novamente no ambiente escolar teresopolitano. Ele motiva, ele lota ginásios, ele inflama. Lembro dos nossos Jogos Estudantis que eram maravilhosos e contribuíam para uma Educação de qualidade, vamos voltar a realizar”, promete Quincas.

- Serviços Públicos tem que ser de responsabilidade da gestão municipal
O último bloco de entrevista teve como tema os Serviços Públicos. Quincas entende que, assim como na Educação e em boa parte dos problemas da Saúde, a resposta eficiente que pode ser dada nesse período a ser compreendido pelo mandato tampão, tem que ser confiar na própria estrutura da prefeitura e trabalhar para capacitar seus quadros. Segundo o candidato do PP, seu quadro de secretários será de 40 a 50% preenchido por servidores públicos municipais. “Vamos realizar diversos cursos de gestão e administração pública para qualificar os nossos servidores. Buscar parcerias com instituições fortes para aumentar nossa eficiência nos serviços prestados me parece algo emergencial. As áreas de controle interno, gestão de risco, elaboração de projetos no setor público, fundamentos do pregão eletrônico, gerenciamento de projetos, gestão e fiscalização de contratos, enfim, aquelas áreas técnicas que podem nos ajudar muito a prestar um serviço de qualidade a cidade”, explica.
Em suas considerações finais, Quincas escolheu deixar uma mensagem aos eleitores com relação aos gastos de algumas outras campanhas realizadas na cidade. “Como temos o dever de trabalhar com a transparência, me sinto obrigado a lembrar aos eleitores teresopolitanos que o prefeito que será escolhido no próximo dia três de junho terá um período de pouco mais de dois anos a frente da prefeitura e levando em consideração o salário pago ao seu cargo, terá ao fim deste período um montante de pouco mais de quinhentos mil reais somados. Não tenho como conceber que um candidato gaste milhões e milhões de reais. De onde vem esse dinheiro, para onde vai esse dinheiro? Estou muito preocupado com essas doações que ninguém sabe para onde vai, de onde vem, que compromissos esses candidatos estão assumindo, não posso deixar de pedir para a população ficar de olho nisso”, finaliza Quincas.

- Cronograma de entrevistas segue até o dia 29 deste mês

Para garantir que todas as reportagens em O DIÁRIO sejam veiculadas em dia de semana, nenhuma delas será realizada na sexta-feira, cabendo a edição de fim de semana do dia 01 de junho contendo uma compilação de todas as entrevistas realizadas anteriormente. Quanto aos assuntos que poderão ser abordados será dada liberdade aos entrevistados para que decorram sobre uma lista de temas previamente estipulados, obedecendo o limite de três escolhas, uma para cada bloco. Ao final os candidatos terão três minutos para explanações de livre escolha. Todos os vídeos estarão disponíveis no canal do YouTube do Jornal O Diário de Teresópolis em até 24h após a participação. A primeira e mais importante regra determinada pela organização das entrevistas é que determina que cada um dos participantes farão suas interpelações com o intuito, único e exclusivo de expor suas plataformas e projetos políticos para a cidade de Teresópolis, enquanto possíveis candidatos eleitos. As entrevistas serão realizadas obedecendo a ordem de apresentação alfabética ilustrada no sistema de divulgação de candidaturas do Tribunal Superior Eleitoral e obedecendo ao seguinte cronograma: 28/05, segunda-feira: Roberto Mello e Sabiá – PT e 29/05, terça-feira: Vinícius Claussen e Dr. Ari – PPS.

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Teresópolis: Novo Decreto endurece medidas para enfrentamento à COVID-19

Feirarte Virtual: plataforma gratuita aproxima os expositores da Feirinha de Teresópolis dos consumidores

Fachin anula condenações de Lula, ex-presidente volta a ser elegível

Petrobras aumenta preços da gasolina e do diesel nas refinarias

Valor médio de auxílio emergencial será de R$ 250, diz Guedes

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy