ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

OAB Teresópolis leva demandas da população ao prefeito

Data: 07/02/2020

Rodrigo Ferrreira, presidente da 13ª Subseção da OAB, destacou que informou ao prefeito sobre problemas da integração e pediu soluções

Marcus Wagner

Em um momento de ânimos agitados por conta de idas e vindas da implantação de integração das linhas de ônibus, a 13ª subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) decidiu levar ao prefeito demandas da população que está enfrentando muitos problemas. O presidente da OAB-Teresópolis, Rodrigo Ferreira, explicou que teve uma reunião com o prefeito Vinícius Claussen para tratar dos problemas que foram identificados pelos usuários do transporte público e pelos próprios representantes da OAB.
“Recebemos reclamações dos usuários que o atendimento não estava de acordo com o que eles merecem ter. Pontos que não são adequados, muitos atrasos, muita espera e levamos ao conhecimento do prefeito a informação de que os motoristas estavam orientados a só sair depois que o ônibus estivesse cheio, causando um efeito em cascata e gerando prejuízos para quem quer trabalhar e na sua vida como um todo. Ele já estava ciente da maior parte desses problemas e pedimos a ele providencias”, contou Rodrigo.
Na tarde desta quinta-feira, 6, a Justiça determinou a suspensão do sistema Integra Terê, por irregularidades apontadas pelo Ministério Público: “A questão legal já vinha sido discutida por um procedimento da Câmara em que houve uma ação judicial que foi indeferida, autorizando ao integração continuar. Havia ainda a ação do Ministério Público que dizia que a integração prejudicava um processo de 2004 e que a prefeitura estava intimada a cumprir desde 2018. Essa sentença determina que é para ser feita uma nova licitação e toda uma organização do plano de mobilidade urbana e o MP disse que isso não foi obedecido. Aqui em Teresópolis a Justiça em 1º grau não deferiu a liminar pleiteada pelo MP, que apresentou um recurso pedindo o efeito suspensivo, uma liminar em segunda instância, que foi deferida para suspender a integração enquanto se analisa a questão”, explicou. 

Papel da OAB
Rodrigo destacou a importância da população e das instituições trabalharem juntas pela construção de um município fortalecido: “Uma das funções da OAB é zelar pelo Estado Democrático de Direito. Nós temos poderes constituídos e autônomos entre si que precisam trabalhar em harmonia. A OAB não faz parte de nenhum do três poderes, mas tem competência de zelar pela legalidade. No momento em que a gente recebe os reclames da população, percebe que algo não está de acordo, podemos nos aproximar do poder que está gerindo esse sistema e demandar soluções, como fizemos com o prefeito esta semana. Tenho tentado me manter o mais distante possível de uma postura midiática, tento não aparecer, não ficar falando, criticando porque a gente quer que as coisas aconteçam, mas quando as coisas ultrapassam certas barreira, temos que fazer, como aconteceu agora”.


 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Covid-19: Brasil registra 2.094.293 recuperados

Bebê abandonado em servidão já tem novos pais

"Sir Joe" premiado pelo Trip Advisor mais uma vez

Série A dos portões fechados e com fim só em 2021 começa neste sábado

Teresópolis Shopping realiza campanha pelo Dia dos Pais

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy