ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

O GLOBO denuncia candidato a deputado de Teresópolis

Data: 22/08/2018

Agência Brasil

Segundo depoimento de uma juíza publicado em matéria neste domingo no GLOBO, um candidato a deputado associado ao crime organizado em Teresópolis estaria ameaçando os eleitores, garantindo que “há meios de controlar a votação”, mesmo com a urna eletrônica. 

- E o povo acredita nisso. Acredita que o voto não é secreto, que a urna eletrônica pode ser fraudada, que hackers vão entrar...

O candidato que estaria ameaçando eleitores em Teresópolis não é identificado claramente na matéria, que também não diz o nome da juíza preocupada com a estratégia de terror e a infiltração de representantes do crime nas instituições de representação, como a Assembleia Legislativa.

Como informa o GLOBO, às vésperas das eleições, 1,7 milhão de eleitores estão cadastrados em 637 locais de votação que ficam em áreas dominadas pelo crime, conforme levantamento da Coalizão Eleitoral — grupo de autoridades do TRE, de órgãos de segurança e do Ministério Público Eleitoral que atuará na campanha —, os pontos de votação sob influência de facções representam 12,76% do total de 4.993 em todo o estado.

“A maioria desses lugares (338) é controlada pelo Comando Vermelho; 171 por milicianos; 86 pelo Terceiro Comando Puro; 24 pelos Amigos dos Amigos, e 18 sem facção definida. O mapa feito pela Coalizão mostra que, na Zona Oeste, maior colégio eleitoral do Rio, a milícia é a principal ameaça. Já as áreas sob domínio do tráfico de drogas são mais espalhadas e se estendem por toda a Região Metropolitana.
É óbvio que o voto é secreto, e as urnas eletrônicas são seguras. A questão é mais complexa. No que diz respeito à campanha eleitoral, sabe-se que não há estado de direito nas regiões controladas pelo tráfico e pela milícia, onde vigoram poderes paralelos que impõem aos moradores suas leis nefastas. Em geral, nesses lugares só podem pedir votos candidatos que têm apoio das facções criminosas. Sabe-se lá a que preço. Enquanto outros são impedidos até de entrar”, diz o jornal.

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Rio de Janeiro regulariza aplicação da segunda dose da CoronaVac

Cientistas criam testes de covid-19 com resultados em tempo recorde

Saúde diz que já distribuiu 90 milhões de doses de vacina contra covid

Sine Teresópolis ainda tem 134 vagas de emprego

PRF prende homem que transportava pássaros silvestres

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy