ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Novo escritório da Emater já funciona no Centro Administrativo

Data: 15/08/2019

Secretários Flavio Castro (Meio Ambiente) e Fernando Mendes (Agricultura), Marcelo Neto, assessor parlamentar do Deputado Federal Hugo Leal o Sr. Mendes - Jorge Maravilha

Com a presença de produtores rurais, supervisores e técnicos da Emater, do prefeito, secretários municipais e vereadores, foi inaugurada nesta terça-feira, 13, a nova sede do escritório local da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Rio de Janeiro, a Emater. A Prefeitura cedeu espaço para o escritório no Centro Administrativo Municipal Manoel Machado de Freitas, localizado no prédio do antigo Fórum, na Várzea. Durante a inauguração, o supervisor regional da Emater-Rio, Marcos Belo, destacou a importância de Teresópolis no segmento da agricultura. "O setor da agricultura para Teresópolis é de grande importância pela geração de emprega e renda. E a Emater, ao levar tecnologia, crédito, novos mercados para a venda de produtos e estimular o desenvolvimento de novas atividades agrícolas, contribui para a cadeia de produção e de conhecimento para o crescimento do setor".
Há mais de 20 anos, os serviços administrativos da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural eram feitos no Parque Municipal de Exposições, em Albuquerque. "O escritório está em Teresópolis desde 1958 e, há 21 anos, estávamos lá em Albuquerque. Sempre foi um anseio, tanto dos técnicos da empresa quanto dos agricultores, pela dificuldade de acesso ao local, principalmente para quem precisa se deslocar de ônibus. Então, todos estão satisfeitos com essa mudança", ressaltou o supervisor do Escritório Local da Emater, Maurício Reis.
Para Leandro Mattos, produtor rural que mora em Santa Rita, no Segundo Distrito, a mudança do escritório para o centro da cidade facilita bastante a vida dos agricultores que buscam o auxílio da Emater. "Essa mudança é muito importante para nós, produtores, porque ficou mais perto de tudo, banco, rodoviária. Lá no Parque de Exposições, quem mora no Segundo Distrito, como eu, precisava gastar de duas a quatro passagens para ir à Emater". O trabalho de campo de assistência técnica e de extensão rural da Emater continua sendo feito, com visitas às propriedades dos agricultores familiares do município.

 

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Estado do Rio de Janeiro passa de 300 mil casos acumulados de covid-19

O Diário vai entrevistar candidatos a prefeito e vice

CMN flexibiliza regras para crédito rural a pequenos produtores

Confiança do comércio volta ao patamar de otimismo após seis meses

Sesc reabre unidade hoteleira de Teresópolis no dia 30

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy