ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Motociclista foge da PM e abandona arma e munições

Data: 05/09/2018

Polícia ainda não descobriu procedência do revólver e para que o armamento seria utilizado pelos jovens -Divulgação 30º BPM

Marcello Medeiros

Em trabalho de investigação na comunidade da Fonte Santa, policiais do Setor de Inteligência do 30º BPM (P2) tiveram a atenção despertada para dois jovens rapazes que estavam em uma moto de grande porte, uma VT Shadow de 600 cilindradas. Com a situação suspeita, resolveram aborda-los. Porém, o condutor da motocicleta começou a acelerar na tentativa de escapar, sofrendo um acidente logo a seguir. O que estava na carona jogou um objeto na mata e conseguiu escapar por um trilho, não sendo alcançado pelos militares. Ao procurar o que ele havia dispensado, os agentes descobriram o motivo da tentativa de fuga: Se tratava de um revólver calibre 38, equipado com três munições.
Menor de idade, o condutor da Shadow foi encaminhado para a 110ª Delegacia de Polícia e prestou depoimento em companhia do Conselho Tutelar, sendo entregue posteriormente a um responsável. Ele relatou apenas que a moto envolvida na situação seria de propriedade do pai do outro jovem, que fugiu pela mata próxima ao local conhecido como Portelinha. Ele não se pronunciou em relação à procedência e o que fariam com tal arma de fogo, que ficou apreendida. Em breve, o responsável pelo jovem que fugiu deve ser intimado para comparecer à delegacia e se explicar, além de encaminhar o rapaz para o devido registro. 
No fim de semana, moradores da localidade de Jardim Suspiro, próximo a Albuquerque, denunciaram um homem que estaria andando armado e – consequentemente – colocando a comunidade em risco. Com as informações passadas ao quartel do 30º BPM, equipes da PATAMO e DPO São Pedro foram enviadas ao local e conseguiram apreender munições para diversos calibres, um revólver um rifle calibre 38. O armamento estava escondido em uma residência. Os militares tiveram acesso ao imóvel com autorização da esposa do denunciado, recolhendo armas e munições que foram apresentadas na 110ª Delegacia de Polícia. O denunciado não foi encontrado, mas a polícia tem informações sobre sua identificação. Somente no primeiro semestre de 2018, o 30º Batalhão de Polícia Militar apreendeu 132 armas de fogo em sua área de atuação – Teresópolis, São José do Vale do Rio Preto, Carmo e Sumidouro.
Na última quinta-feira, o comandante da corporação relatou a reportagem do jornal O Diário e Diário TV a importância de se tirar tais armamentos de circulação. “A arma na mão de elemento não preparado ou que vive à margem da lei é um risco para o Policial Militar a para a sociedade como um todo. Temos que tirar das ruas antes que fique igual ao Rio de Janeiro. Em alguns locais não é possível mais acessar por causa do forte potencial bélico dessas pessoas, de facções. Aqui vamos bater maciçamente para que isso não ocorra. Não queremos que cheguem a armas automáticas, fuzis, pistolas. Temos um planejamento operacional minucioso para que isso não aconteça em Teresópolis”, enfatizou o Tenente Coronel Marco Aurélio Santos.

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Estudo mostra que peixe de áreas atingidas por óleo pode ser consumido

Unidades do Sesc RJ exibem filmes selecionados na 3ª Mostra Sesc de Cinema deste ano

PRF prende foragido da justiça por pensão alimentícia

Verão: TJRJ libera advogados do uso de terno e gravata nas audiências

Bolsonaro fala sobre fraudes na Bolívia e renúncia de Evo Morales

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ