ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Motociclista foge da PM e abandona arma e munições

Data: 05/09/2018

Polícia ainda não descobriu procedência do revólver e para que o armamento seria utilizado pelos jovens -Divulgação 30º BPM

Marcello Medeiros

Em trabalho de investigação na comunidade da Fonte Santa, policiais do Setor de Inteligência do 30º BPM (P2) tiveram a atenção despertada para dois jovens rapazes que estavam em uma moto de grande porte, uma VT Shadow de 600 cilindradas. Com a situação suspeita, resolveram aborda-los. Porém, o condutor da motocicleta começou a acelerar na tentativa de escapar, sofrendo um acidente logo a seguir. O que estava na carona jogou um objeto na mata e conseguiu escapar por um trilho, não sendo alcançado pelos militares. Ao procurar o que ele havia dispensado, os agentes descobriram o motivo da tentativa de fuga: Se tratava de um revólver calibre 38, equipado com três munições.
Menor de idade, o condutor da Shadow foi encaminhado para a 110ª Delegacia de Polícia e prestou depoimento em companhia do Conselho Tutelar, sendo entregue posteriormente a um responsável. Ele relatou apenas que a moto envolvida na situação seria de propriedade do pai do outro jovem, que fugiu pela mata próxima ao local conhecido como Portelinha. Ele não se pronunciou em relação à procedência e o que fariam com tal arma de fogo, que ficou apreendida. Em breve, o responsável pelo jovem que fugiu deve ser intimado para comparecer à delegacia e se explicar, além de encaminhar o rapaz para o devido registro. 
No fim de semana, moradores da localidade de Jardim Suspiro, próximo a Albuquerque, denunciaram um homem que estaria andando armado e – consequentemente – colocando a comunidade em risco. Com as informações passadas ao quartel do 30º BPM, equipes da PATAMO e DPO São Pedro foram enviadas ao local e conseguiram apreender munições para diversos calibres, um revólver um rifle calibre 38. O armamento estava escondido em uma residência. Os militares tiveram acesso ao imóvel com autorização da esposa do denunciado, recolhendo armas e munições que foram apresentadas na 110ª Delegacia de Polícia. O denunciado não foi encontrado, mas a polícia tem informações sobre sua identificação. Somente no primeiro semestre de 2018, o 30º Batalhão de Polícia Militar apreendeu 132 armas de fogo em sua área de atuação – Teresópolis, São José do Vale do Rio Preto, Carmo e Sumidouro.
Na última quinta-feira, o comandante da corporação relatou a reportagem do jornal O Diário e Diário TV a importância de se tirar tais armamentos de circulação. “A arma na mão de elemento não preparado ou que vive à margem da lei é um risco para o Policial Militar a para a sociedade como um todo. Temos que tirar das ruas antes que fique igual ao Rio de Janeiro. Em alguns locais não é possível mais acessar por causa do forte potencial bélico dessas pessoas, de facções. Aqui vamos bater maciçamente para que isso não ocorra. Não queremos que cheguem a armas automáticas, fuzis, pistolas. Temos um planejamento operacional minucioso para que isso não aconteça em Teresópolis”, enfatizou o Tenente Coronel Marco Aurélio Santos.

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Rio pagará pensão extra a famílias de servidores mortos por covid-19

Covid-19: Em um mês, 722 novos casos registrados em Teresópolis

Petrobras reajusta em 5% preço do gás de cozinha

Guarda Municipal registra mais de 18 mil ocorrências em maio

Covid-19: país distribui 3 milhões de testes; 1 milhão são analisados

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy