ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Micro e pequenos empresários investem em energia solar

Data: 09/11/2019

A palestra "Energia Solar: Um olhar para o futuro" foi realizada em parceria com a CDL e teve a participação da Agência Nacional de Fomento e da Port Trade USA, empresa responsável pela infraestrutura utilizada no sistema de captação de energia solar

Na última quarta-feira (06), foi realizada na Pousada Terê Parque um evento voltado para empresários da cidade com o tema “Energia Solar: Um olhar para o futuro”.  A palestra, realizada em parceria com a Câmara de Dirigentes Lojistas Teresópolis (CDL), teve a participação da Agência Nacional de Fomento (AgeRio) e da Port Trade USA, empresa responsável pela infraestrutura utilizada no sistema de captação de energia solar. Ricardo Valle, diretor do Núcleo Port Trade USA, palestrou sobre como obter melhor rendimento no seu investimento em energia solar, seguido por Armando Karin, projetista da Port Trade USA falou sobre a infraestrutura, a capacidade técnica e melhor otimização desse tipo de sistema. Para viabilização de compra e instalação dessa estrutura que permite que lojas e restaurantes façam captação solar em troca de energia a Agência Nacional do Fomento indicou como obter financiamento, tirou dúvidas sobre taxas, prazos e carências para pagamentos.
Em entrevista para o jornal O DIÁRIO, o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Teresópolis, Igor Edelstein, destacou a importância de apoiar o evento que trouxe informações novas nesta área para cidade. “Ficamos muito felizes de juntar num prazo recorde a AgeRIO e profissionais do setor de energia solar. Procuramos resumir para o pequeno e micro empresário como funciona a utilização da energia solar para minimizar os custos do empresariado. É um assunto que ainda traz muitas dúvidas, gera muitos questionamentos, e por isso procuramos conectar os pontos desde a compra com garantia, como o fornecedor qualificado até o financiador deste projeto, para que esse investimento traga essa economia através da captação de energia”, frisou. 
A captação de energia solar é uma tecnologia que cresce a cada ano no mundo, e agora Teresópolis tem a chance de fazer parte desta inovação em sintonia com o que há de mais moderno no mundo, gastando pouco e investindo no seu negócio. “Nos tempos difíceis em que vivemos qualquer economia já é um ganho muito grande para o nosso comércio.” complementa Igor.
Hoje em dia qualquer empresa pode ter esse equipamento, já existem até o que chamam de condomínios solares, neste caso não é necessária que a instalação da estrutura de captação seja feita no telhado das propriedades, mas sim em terrenos que geram essa energia e devolvem a economia para o estabelecimento indicado. Um dos representantes da Port Trade USA em Teresópolis, Rafael Mesquita, empresário responsável pela Noiiz Décor, nos contou que trouxe essa novidade para o mercado fazendo a importação direta para o cliente. “Conseguimos trazer todos os produtos necessários em forma de kit e assim conseguimos o benefício fiscal”. O investimento de capital é de até 300 mil e tem apoio da AgeRIO, financeira ligada à Secretaria do Estado de Desenvolvimento Econômico.
O assunto ganhou destaque nacional esta semana quando a Organização das Nações Unidas (ONU) pediu mais investimentos em fontes renováveis de energia para proteger crianças da poluição do ar no sudeste e no sul da Ásia. A porta-voz da ONU afirmou que cerca de 620 milhões de crianças na região estão respirando ar tóxico e poluído e que estas são mais afetadas do que os adultos. Segundo a UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância) governos da região e de todo o mundo devem adotar medidas urgentes para reduzir a poluição do ar, investindo em fontes renováveis de energia, como energia solar, e divulgou comunicado pedindo imediata ação para lidar com o problema.
Denise Collyer, superintendente de micro e pequenas empresas da AgeRio, ligado ao fomento econômico do estado, regulada pelo Banco Central,  explica que a agência está voltada para o financiamento produtivo, para o negócio da empresa e explica que o investimento simplificado contribui com taxas baixas, prazo alongado para o pagamento com até 18 meses de carência, precisando apenas do aval dos sócios. “É o financiamento de capital de giro sem a necessidade de avaliação de projeto”, pontua. Para os interessados neste produto e no seu financiamento basta acessar o site www.agerio.cm.br e solicitar a simulação.

 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

EUA reabrirão em novembro para viajantes estrangeiros vacinados

Pré-matrícula para escolas municipais começa no dia 1º de outubro

Governo do Estado começa a entregar o maior lote de vacinas contra a Covid-19

Pfizer-BioNTech: vacina contra covid protege crianças de 5 a 11 anos

Vulcão nas Ilhas Canárias poderia provocar tsunami no Brasil

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy