ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Mais um jovem morre em troca de tiros no Perpétuo

Data: 09/10/2018

Pedro Henrique, de apenas 21 anos, já teria passagem por tráfico

Marcello Medeiros

Após intensa troca de tiros entre a Polícia Militar e suspeitos de envolvimento com o tráfico de entorpecentes na comunidade do Perpétuo, uma das divisões do populoso São Pedro, morreu baleado o jovem Pedro Henrique Almeida, 21, jovem que, segundo a polícia, já tem anotação criminosa. Ele foi baleado na madrugada do último domingo e chegou a ser socorrido pelos homens do 30º BPM, mas morreu pouco depois de dar entrada no pronto socorro do Hospital das Clínicas Costantino Otaviano (HCTCO). 
De acordo com relatos de policiais que participaram da operação, foram feitas denuncias ao quartel em relação ao movimento de venda de drogas. Com as informações, equipes dos setores PATAMO, São Pedro e Bravo realizaram incursão e encontraram no local aproximadamente 10 homens. Eles fugiram ao avistarem os militares e, após acessarem um capinzal, iniciaram a troca de tiros. Além de Pedro Henrique, outro homem foi baleado. Atingido na perna direita, o suposto chefe do tráfico no Perpétuo foi encontrado e preso na parte da manhã, sendo encaminhado para atendimento médico antes de ter como destino cela em unidade prisional da Polinter, no Rio de Janeiro. Na operação foi apreendida grande quantidade de entorpecente – maconha, cocaína e cheirinho da loló – e um revólver calibre 32 municiado. 
“Recebemos as informações sobre tráfico no local, na escadaria principal do Perpétuo. Montamos uma rápida operação e quando nos aproximamos da escadaria fomos recebidos a tiros. Eles empreenderam fuga para uma capineira. Ao adentrarmos capim, continuamos recebendo tiros e revidamos a agressão. Ao cessar os disparos um menor se entregou. Ficamos até surpreso pela quantidade de pessoas envolvidas na troca de tiros. Estávamos em menor número, situação perigosa, mas felizmente nenhum policial se feriu”, relatou o Subtenente Medeiros, da PATAMO, ao repórter José Carlos “Cacau”.
Também no fim de semana, outro homem foi preso em outra operação na mesma comunidade. Agentes do 30º BPM foram acionados para apartar briga e acabaram descobrindo que um dos envolvidos participava do tráfico na comunidade do Perpétuo, estando de posse de 47 papelotes de cocaína e R$ 140, dinheiro que teria sido obtido com o comércio ilícito. Ele foi autuado na 110ª DP e depois transferido para o Rio de Janeiro.
Importante sempre lembrar que o tráfico de drogas gera diversos outros crimes, como furtos e roubos, além do mais grave deles – o homicídio. Aliás, segundo informado pela Polícia Militar, a grande maioria dos assassinatos registrados em Teresópolis tem ligação com o comércio de entorpecentes. Para poder chegar a acusados desse ou qualquer outro tipo de delito, o 30º BPM conta com as denúncias anônimas feitas pela população, que conta com três canais diretos para passar tais dados: 190, 2742-7755 e 99817-7508 (WhatsApp).

 

PM apreendeu grande quantidade de drogas e uma arma de fogo no Perpétuo

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Witzel assiste segundo dia de desfiles das escolas de samba

Mega-Sena acumula pela 16ª vez e prêmio vai para R$ 200 milhões

Cid Gomes tem alta e deixa Hospital Klinikum em Fortaleza

Coronavírus: brasileiros deixam quarentena na Base Aérea de Anápolis

Duas fontes com água imprópria para consumo

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ