ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Liberada a declaração de bens dos candidatos a prefeito e vereador

Data: 29/09/2020

O Diário de Teresópolis

Tiveram início oficialmente no último domingo, 27, as campanhas para os cargos de prefeito e vereador em todo o Brasil. Além de divulgar as regras para o pleito, o que pode o que não pode ser feito pelos candidatos, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) também liberou os dados informados pelos postulantes aos cargos públicos em relação ao patrimônio de cada um que pretende ocupar uma cadeira na prefeitura ou câmara a partir de janeiro de 2021. Essas informações são consideradas públicas e podem ser acessadas pelo site divulgacandcontas.tse.jus.br. Através dessa página, é possível comparar a evolução patrimonial daqueles que já ocupam cargos públicos e tentam a reeleição e também verificar o que cada um que pretende entrar para a vida pública tem declarado oficialmente. De acordo com TSE, a relação dos candidatos a prefeito de acordo com os bens divulgados é a seguinte: Vinicius Claussen (PSC), R$ 3,3 milhões; Luiz Ribeiro (PSDB), R$ 2,7 milhões; Geraldo Menezes (PDT), R$ 2,5 milhões; Pedro Gil (Patriota), R$ 710 mil; Leandro Neves (Avante), R$ 241 mil; Rodrigo Koblitz (PSOL), R$ 198 mil; e Alex Castellar (DEM), nenhum bem declarado.
Ocupando atualmente mandato “tampão”, tendo assumido a prefeitura em eleição fora de época realizada em 2018 após cassação de liminar que mantinha o então ficha suja Mário Tricano no cargo, o gestor do município, Vinicius Claussen (PSC), aumentou seu patrimônio em 35% nesse período. Vinicius informa ser dono de empresa SUB3 com capital inicial avaliado em R$ 71.676,00. Na eleição anterior, declarou ter menos de R$ 3 mil em suas contas no banco, e, agora, informa possuir R$ 44.257,57 e uma aplicação de R$ 153.854,85 (em 2018 declarou uma aplicação de R$ 11.430,51). Já o vice na sua chapa, Dr. Ari Boulanger, teve redução no patrimônio declarado de R$ 3.268.954,55 em 2018 para R$ 2.824.797,49 em 2020. 
O médico Luiz Ribeiro tem o segundo maior patrimônio declarado ao Tribunal Superior Eleitoral, mas é preciso se levar em conta o valor desatualizado dos seus imóveis, o que poderia lhe colocar como "mais rico" analisando de maneira diferente esses números. Em sua declaração, por exemplo, está uma sala comercial na Várzea avaliada no valor de apenas R$ 14 mil e uma residência por R$ 46 mil. O atualmente vereador Pedro Gil (Patriota), que chegou a ocupar um período o cargo de prefeito, entre o afastamento de Tricano e a posse de Vinicius, foi o único que declarou ter dinheiro em espécie, R$ 250 mil. Dos sete candidatos a assumir o cargo de prefeito de Teresópolis a partir de janeiro do próximo ano, o único que informou não possuir nenhum bem foi Alex Castellar, do DEM, assim como seu vice, José Mário. 
Outro fato curioso é que os valores informados por três dos candidatos a prefeito do município, Vinicius, Luiz Ribeiro e Geraldo Menezes, são superiores aos patrimônios declarados por Wilson Witzel e Jair Bolsonaro dois anos atrás. Na eleição para governador e presidente de 2018, o primeiro informou possuir R$ 400 mil e o segundo R$ 2.286.779,48. Também durante a análise dos dados divulgados através do TSE, apuramos que o político que informa possuir maior patrimônio em Teresópolis não é nenhum dos sete aspirantes ao posto de prefeito. Trata-se do candidato Nivaldo, do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), produtor rural na localidade de Vieira, no Terceiro Distrito, que declarou o total de R$ 5.125.000,00. Ele informou possuir uma propriedade e um terreno, um caminhão ano 1996, uma moto Honda ano 2007 e um trator Yamaha ano 1991, que somados chegam ao valor indicado.

VALORES DECLARADOS
Vinicius - R$ 3.300.692,26 
Luiz Ribeiro - R$ 2.729.550,15
Geraldo - R$ 2.535.000,00
Pedro Gil - R$ 710.812,63
Leandro Neves - R$ 241.359,00
Rodrigo PSOL - R$ 198.090,00
Alex Castellar - Nenhum bem

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Vacinação contra covid-19 começa na quarta-feira, anuncia Pazuello

Técnicos da Anvisa recomendam uso emergencial das vacina de Oxford e Coronavac

Estigma das doenças mentais no Brasil é tema da redação do Enem

Município tenta recursos para investir no esporte

Estado terá concurso com 500 vagas para Professor I

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy