ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Jovem morre em troca de tiros no Rosário

Data: 19/07/2018

Arma e munições, além de cocaína e maconha, foram apreendidas pela Polícia Militar na Rua Francisco da Rocha - Divulgação

 

Quase que diariamente o 30º Batalhão de Polícia Militar tem registrado ocorrências de tráfico ou uso de material entorpecente, crimes que podem desencadear diversos outros atos ilícitos e levar à morte os envolvidos diretamente nesses casos ou mesmo inocentes. No início da madrugada desta quinta-feira, os policiais lotados no quartel de Teresópolis se envolveram em mais uma operação do tipo, onde eles mesmos poderiam ter perdido a vida por conta da comercialização de drogas em uma das comunidades com maior recorrência desse crime, o Rosário. Apurando denúncias passadas ao 2742-7755, eles foram verificar ponto de venda de entorpecentes na Rua Francisco da Rocha e acabaram envolvidos em troca de tiros com os suspeitos. Na correria pelas vielas da comunidade, um dos jovens apontados como suposto traficante acabou levando a pior. Baleado, Geraldo Maia da Silva Santos, conhecido com “GD Trem Bala”, morreu pouco depois de chegar ao pronto socorro do Hospital das Clínicas – levado pelos próprios policiais. O rapaz havia acabado de completar 19 anos justamente minutos após encontrar as guarnições do 30º BPM.
De acordo com o registro da PM, equipes da PATAMO e DPO São Pedro fizeram cerco próximo ao local conhecido como “túnel”, onde estariam os denunciados. Três rapazes teriam atirado contra a guarnição do DPO, que revidou e acabou atingindo um deles, GD. Os outros dois empreenderam fuga pelas vielas, conseguindo escapar da prisão. Um dos militares também precisou de atendimento médico, ferido no rosto por estilhaços após um dos tiros dos suspeitos atingir parede próxima a ele. O caso foi registrado como tentativa de homicídio. Foram apreendidos no local onde Geraldo foi baleado 21 sacolés de cocaína, um de maconha, uma pistola Calibre 9mm municiada, nove munições para tal e um carregador para respectiva arma.
Além das guarnições que atuaram na abordagem e troca de tiros (DPO SÃO PEDRO - SUBTEN Gallera, SD Pontes, SD Tatagiba e SD Cavalier e PATAMO - SUBTEN Medeiros, SGT Márcio e CB Maximiano). Após o enfrentamento, outras guarnições foram acionadas para apoio e tentativa de prender os outros envolvidos, Supervisão de Oficial, Bravo, Charlie, Pamesp Noturno e DPO Ermitage.

 

 

Compartilhar:






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Deputados viram réus e vão continuar presos

STF tem maioria a favor da criminalização da homofobia

MORREU ATHAYDES BRASIL

Precisamos refletir sobre Chikungunya

Ambulância flagrada fazendo transporte irregular causa revolta

        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ