ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Iluminação pública segue precária em Teresópolis

Data: 08/02/2018

Caminhão que faz a manutenção da iluminação pública estacionado a poucos metros da Prefeitura. Imagem gerou avalanche de pedidos ao poder público

André Oliveira

A fanpage do DIÁRIO nas redes sociais (facebook.com/o diário de teresópolis) publicou nesta quarta-feira, 7, a imagem do caminhão utilizado pela Prefeitura para a manutenção a iluminação pública em Teresópolis. A postagem trazia o questionamento “Como está a iluminação pública do seu bairro?”. A pergunta foi bastante para que dezenas de internautas trouxessem sua indignação quanto à falta desse serviço de manutenção – essencial para a segurança pública – em suas respectivas ruas e bairros.
Até o final da tarde desta quarta-feira a publicação havia alcançado  mais de 3600 visualizações, com mais de 30 reações e mais de 50 comentários, onde muitos relataram os problemas de suas ruas e ainda cobraram o correto investimento dos valores milionários arrecadados pela Taxa de Iluminação Pública no município.

Confira alguns dos comentários: Tony Garcia – “Aqui em Agriões muitas luzes queimadas. Na José Elias Zaquem um bom trecho sem iluminação que vai da Enel até a vidara do Corta Vento”; Valeria Pinna. “Que bom... Aqui na Rua Ferreira de Castro tem um poste sem luz em frente ao n° 339. Já fez aniversário”; Leda Jung “Aqui em Taumaturgo está às escuras... A noite é um breu só”; Sanny Valeska – “A Rua Raquel Rodrigues de Oliveira, na Tijuca, está totalmente no escuro”; Gilson Fernandes José – “Alameda Arnaldo Guinle, altura do nº 1001, tem duas lâmpadas queimadas. A noite, pra passar, é uma dificuldade”; Alexandre Aragão – “No Beco dos Artistas está tudo escuro, tudo queimado”; Eliz Oliveira – “A Tijuca tem várias ruas às escuras. Aliás a cidade está assim... às escuras, precisando de iluminação nas principais vias, imagina nos bairros adjacentes?”; Marcia Camara – “Aqui na Rua Silvestre Pereira Soares, Recanto dos Artistas, estamos com muitas lâmpadas queimadas. Precisando de conserto com urgência”; 

 Cristina Rodrigues – “Na Rua Dona Cândida, Bom Retiro, só tem uma lâmpada funcionando na entrada da rua. Uma vergonha já que pagamos taxa pra termos iluminação”; Marcelo Valladares – “Em plena avenida principal, a Lúcio Meira, entre o número 930, a loja de vitaminas e a Agro Quental, tem dois postes sem iluminação”; Juliane Alves – ‘Nem tem luz na rua que eu moro. O mais engraçado é que eu pago taxa de iluminação pública”; Andressa Martins  - Rua Regina de Morais, na Cova da Onça, Rua do Celeiro, na Barra, falta iluminação após da Casa de Festas até o final da rua. Já fiz solicitação por escrito no Centro Administrativo há meses. Ate agora nada”; Dulceneia Souza – “Na Rua Antônio Gomes, 267, tá sem iluminação publica. Só vem cobrança na conta”; Marcelo Isidro – “Rua Sete de setembro, na Quinta Lebrão, é uma escuridão que dá medo”; Renata Meyer – “Em frente ao campo do Barra não tem luz faz mais de 1 ano! Em frente ao BNH da Barra.. uma vergonha!”; 

Leandro Ponte – “Na Rua Tupi, a principal do Meudon, na altura do numero 570 tem uma lâmpada queimada há mais de um ano. A noite fica uma escuridão, é perigoso”; Jones Erica Lau “Pago a taxa, mas nunca tive iluminação na rua Almirante Barroso, Granja Florestal”; Claudia Serenario – “O quarteirão da Casa de Saúde desativada está um breu! Tanto na frente como nos fundos. Abandono total! Sem luz e praticamente sem calçada, fica difícil andar a noite! Escuridão e crateras!”; Tina Moutela da Silva – “Estrada Diógenes Pedro da Costa, em Vargem Grande, é um convite aos acidentes. Só crateras e pouca iluminação, uma vergonha e descaso total”; Gledes Menario - Alameda Poranga, Granja Guarani, só com visão noturna”.

 

Compartilhar:






ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Soldado do Exército morre durante exercício em quartel do Rio

TSE convoca representantes de Bolsonaro e Haddad e pede clima de paz

Mais clareza na cobrança de taxa de serviço

Jovem preso empurrando moto furtada

BB lidera ranking de reclamações no terceiro trimestre

        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ