ASSISTIR AO VIVO

REDES SOCIAIS

INSCREVA-SE NO

Homem morto a facadas em 40 Casas

Data: 30/08/2019

O assassinato teria acontecido após desavença familiar em 40 Casas

Os setores de Homicídios da Polícia Civil e de Inteligência do 30º BPM, a P2, têm mais um crime brutal para investigar: Antônio José da Silva Mesquita, de 37 anos, foi morto a facadas no início da tarde desta quinta-feira (29) na Rua Coelho Neto, no bairro de 40 Casas. O assassinato teria acontecido após desavença familiar e, segundo apurado no local, parentes do homem seriam os principais suspeitos do ataque que terminou em morte. Os Bombeiros foram acionados, mas não houve tempo para atendimento médico.
Antônio chegou a correr por alguns metros, mas caiu e morreu em via pública, nas proximidades com o cruzamento da Coelho Neto com Alfredo Timbira de Carvalho. No veículo que seria de sua propriedade, um VW Gol de cor azul, a polícia encontrou uma foice. Está sendo investigado se ela teria sido usada na confusão que culminou com o assassinato.

Antônio chegou a correr por alguns metros, mas caiu e morreu em via pública

Além de equipes da 110ª Delegacia de Polícia e do 30º Batalhão de Polícia Militar, foi acionada perícia do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE). Após análise da cena do crime, o corpo de Antônio foi removido para necropsia no Instituto Médico Legal (IML), que funciona no antigo prédio da delegacia, na Avenida Alberto Torres. O sepultamento está previsto para esta sexta-feira. Até o fechamento desta edição não havia informações sobre a prisão dos suspeitos do crime.

Baleado, homem morre no HCTCO
Após quase 20 dias de internação no Hospital das Clínicas Constantino Ottaviano (HCTCO), Diego da Silva Ferreira, de 30 anos, morreu no início da noite desta terça-feira (27). Vítima de perfuração por arma de fogo, ele estava internado desde o dia 09 de agosto – data de seu aniversário. Segundo apurado pela polícia, o rapaz foi baleado nas proximidades de sua residência, no bairro do Matadouro, e está sendo apurado possível envolvimento do autor do disparo com o tráfico de entorpecentes na localidade, considerada uma espécie de “ponto final” do Fischer. Ex-aluno da Cia José Francisco Lippi, Diego foi sepultado no Cemitério Municipal Carlinda Berlim, o Caingá.
Informações que auxiliem na prisão do autor podem ser passadas para os telefones 190, 2742-7755 e 99817-7508. De acordo com dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), no primeiro semestre de 2019 foram registrados sete assassinatos em Teresópolis, além de outras 19 tentativas de homicídio. No primeiro mês da segunda metade do ano, nenhuma morte dolosa foi comunicada na 110ª Delegacia de Polícia. Em julho, foram anotados quatro homicídios tentados, cujas causas ainda estão em investigação. 
 

Compartilhar:








ÚLTIMAS NOTÍCIAS

MPRJ obtém decisão que suspende a reabertura das escolas estaduais na segunda, dia 8

Nova data das eleições municipais será decidida em junho

Rio registra 64.533 casos confirmados e 6.639 mortes por covid-19

Crivella diz que só reabre comércio do Rio com apoio de especialistas

Governo do Estado cria programa para a retomada gradual das atividades turísticas

CLASSIFICADOS


        2742-9977   |   leitor@netdiario.com.br   |  Rua Carmela Dutra, 765 - Agriões Teresópolis/RJ

Desenvolvido por Agência Guppy